Engenheiro, desenvolvedor web e cirurgião são as melhores profissões no Brasil

Engenheiros, profissionais de TI e cirurgiões são os melhores empregos no Brasil, enquanto que motoristas de ônibus e entregadores são os piores, revela pesquisa recém realizada pelo site de busca de empregos Adzuna, no qual foram analisadas mais de duas mil profissões. O objetivo do estudo foi descobrir não somente os melhores e piores, mas também os mais estressantes e os mais promissores empregos no Brasil. Cada atividade recebeu uma pontuação a partir de critérios como potencial financeiro, ambiente de trabalho, taxa de competitividade e demanda de mercado, entre outros.

Altos níveis de segurança no trabalho, maiores faixas salariais, podendo ultrapassar R$ 60 mil por mês, e ótimas perspectivas de desenvolvimento de carreira colocam estas profissões no topo do ranking das melhores atividades. No caso dos piores empregos, prazos apertados, baixo potencial de aumento de salário, longa e cansativa jornada de trabalho fizeram com que motoristas e entregadores liderassem o ranking. Operadores de telemarketing, jornalista e empregadas domésticas também apareceram na lista.

 Ainda de acordo com o estudo, a falta de competição, a alta demanda no mercado, os aumentos salariais e os melhores ambientes de trabalho fizeram com que os profissionais do ramo de TI, mais especificamente desenvolvedores web, fossem considerados os menos estressados no país. Os trabalhos mais estressantes são médicos e professores, seguidos de policiais, jornalistas e bombeiros. Além dos desenvolvedores web, os trabalhadores menos estressados são recepcionistas, bibliotecários, tradutores e secretárias. O nível de estresse em cada trabalho foi calculado através de uma escala com 15 categorias diferentes, incluindo prazos, competitividade, riscos físicos e emocionais.

 Quanto aos segmentos mais promissores para 2014, profissionais de TI e engenharia mecânica têm as melhores previsões para o próximo ano graças aos desenvolvimentos do mercado brasileiro. Medicina (cirurgia), finanças e setor de óleo e gás também têm boas previsões. De acordo com o site, o potencial de futuro de uma carreira foi analisada a partir dos critérios de projeção financeira, potencial de desenvolvimento e estabilidade.

 Flora Lowther, analista de pesquisa do Adzuna, relata que analisar cada vaga de trabalho disponível no Brasil e estudar o comportamento de milhões de pessoas procurando empregos fornece informações relevantes a respeito dos níveis de satisfação de empregados e sobre o mercado de trabalho. Sendo assim, afirma Flora, quem procura emprego pode se beneficiar destes dados quando estiver escolhendo ou planejando os próximos passos de sua carreira.

 A exemplo de estudos similares realizados no Reino Unido, o levantamento foi realizado também em outros países onde o site atua, como Alemanha, Canadá e África do Sul.

 

Fonte: O Globo

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.