Crea-PR alerta sobre riscos na instalação e manutenção de ar condicionado

O crescimento da climatização de ambientes torna cada vez mais comum o uso de aparelhos ou sistemas de ar condicionado em residências ou espaços comerciais. O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (CREA-PR) alerta, no entanto, sobre a importância do acompanhamento profissional especializado no projeto, instalação e manutenção periódica destes sistemas.
O Ministério da Saúde, através da portaria n° 3.523/98, determinou a elaboração de um Plano de Manutenção, Operação e Controle (PMOC) para ambientes refrigerados. O plano contém medidas básicas para procedimentos de limpeza, remoção de sujeiras e manutenção da integridade e eficiência dos componentes dos sistemas de climatização para garantir a qualidade do ar e prevenção de riscos à saúde.
O CREA-PR intensificará a fiscalização dos empreendimentos que possuem centrais de ar condicionado e sistema de refrigeração com objetivo de proteção da sociedade coibindo o exercício ilegal da profissão, afirma a gerente do Departamento de Fiscalização (DEFIS), Vanessa Moura. “A instalação e manutenção destes equipamentos é uma atividade técnica do Sistema Confea, Crea e Mútua. As empresas e profissionais que atuam neste segmento devem estar registrados no CREA-PR, bem como recolher a Anotação de Responsabilidade Técnica (ART), conforme Lei Federal 6496/77, para os serviços prestados”, esclarece a gerente.
A instalação adequada e a manutenção periódica asseguram a qualidade do ar, contribuindo para a saúde dos usuários dos ambientes climatizados. Mais informações no site www.crea-pr.org.br

Fonte: Crea-PR

 

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.