Presidente do Crea-PE recebe secretária de Planejamento de Gravatá

Na manhã da terça-feira (03), o presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (Crea-PE), José Mário Cavalcanti recebeu, em seu gabinete, a secretária de Planejamento e Orçamento do município de Gravatá, arquiteta Simone Ozias. Participaram do encontro o inspetor coordenador de Gravatá, Eratóstenes Viana, o chefe de Gabinete, Osvaldo Fonsêca e o superintendente do Conselho, Roberto Arrais.

O objetivo do encontro foi discutir a viabilidade da assinatura de um Convênio de Cooperação Técnica entre o município e o Conselho, com vistas a garantir a participação conjunta nos processos de fiscalização, na revisão do Plano Diretor do município, na discussão de soluções para as questões ambientais como a produção dos resíduos sólidos, a exigência, por parte da prefeitura, do Registro da Anotação de Responsabilidade Técnica, para obras e serviços executados em Gravatá, entre outras ações.

Com relação à ART, a secretária informou que o documento já é exigido pelo órgão municipal para todas as atividades pertinentes. ”A exigência do registro da ART, já é uma prática constante no nosso município”, confessou a secretária.

Para José Mário a parceria entre os órgãos e muito importante e deverá gerar bons resultados. “É muito importante para nós que em um município tão próximo, haja uma secretaria com uma visão de desenvolvimento tão promissora como a sua”, elogiou José Mário.

A secretária também propôs o agendamento de reuniões, para discutir junto com a população a importância e a necessidade de se realizar a revisão do Plano Diretor do município. “Ou a gente prepara e conscientiza a população ou teremos um grande retrocesso”, sentenciou Simone Ozias.

O superintendente Roberto Arrais aproveitou a oportunidade, para tratar da possibilidade da cessão de um terreno da prefeitura, para a construção da sede própria da Inspetoria de Gravatá, a exemplo do que ocorreu em Petrolina, onde o município cedeu o terreno onde hoje funciona a sede própria da Inspetoria Regional do Crea.

Sobre o assunto, a secretária disse que está fazendo um levantamento de todas as áreas que são do município e após esse levantamento irá se inteirar dos amparos legais que poderão viabilizar a doação.

Fonte: Crea-PE

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.