GT de alteração da lei que criou a Mútua consolida documento

Reunidos com os diretores executivos Cláudio Calheiros, Lino Gilberto da Silva e Antonio Salvador da Rocha, os diretores regionais, membros do GT, representando todas as Caixas

 

Os membros do Grupo de Trabalho de Alteração da Lei nº 6.496, que criou a Mútua, estiveram reunidos ontem (29), na Sede da Instituição, em Brasília (DF), para consolidar o documento final a ser apresentado no 8º Congresso Nacional de Profissionais, no mês de setembro, em Gramado (RS). O objetivo é propor ajustes na legislação da Mútua, tornando-a mais moderna e atual. 
O Grupo, que representa todas as regiões da Mútua no País, é coordenado pelo diretor financeiro Lino Gilberto da Silva e iniciou os trabalhos em setembro de 2012. Durante a 69ª SOEA, realizada em dezembro do ano passado, na Capital Federal, todos os diretores executivos e regionais discutiram as linhas gerais do documento apresentado pelo GT, que, ao longo dos meses seguintes, foi concluindo o texto.
Na última semana, durante o XI Seminário para Diretores Regionais – evento que reuniu todos os diretores da Mútua, de todas as Caixas -, o texto teve sua versão definida, com os ajustes finais e deliberação dos participantes. A versão definitiva foi consolidada na reunião de ontem, pelo GT. Numa avaliação geral, os principais temas discutidos durante os trabalhos, desde a criação do Grupo, foram autonomia das Regionais e formas de eleição para a Mútua. 
Estiveram na última reunião do GT os diretores regionais, membros do Grupo: Maria do Socorro Seabra (PI), Ricardo Medeiros Analha (SP), Jacques Zeitoune (SC) e Robson Freitas Correa (TO), que representaram todas as Caixas.

 

Fonte: Acme
Foto: Hugo Oliveira (Acme/Mútua) 

Compartilhe essa postagem:

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.