Pastilhas de vidro: modernidade e beleza na construção civil

Com um vasto leque de oportunidades entre cores e formatos, o uso de pastilhas de vidro e porcelana a cada dia tem atraído os olhares e o gosto do brasileiro para decoração de casas e/ou prédios comerciais. Utilizadas para decorar ambientes internos e externos como cozinhas, piscinas e banheiros, são encontradas no mercado nas medidas de 1×1 cm até 9.5×9.5 cm, desde a clássica quadrada preto e branca até modelos mais personalizados, em formas redondas e coloridas.
Ao se reinventar para agradar uma clientela exigente, a construção civil pede soluções práticas e bonitas, e nesse sentido, as pastilhas são destaque. 
Sozinhas ou utilizadas com pisos e revestimentos cerâmicos, as pastilhas possuem diversas faixas de preços que acabam compensando pelo alto nível de durabilidade do produto ao ser aplicado com uma argamassa específica e durável.
É nesse momento que a experiência de uma empresa já conceituada no mercado, garante resultados belíssimos e resistentes para pastilhas de vidro ou porcelana, misturadas em mosaicos artesanais, faixas decorativas, pedras naturais e cerâmicas em geral.
“Nos dias atuais a preocupação do brasileiro com a decoração aliada à praticidade e durabilidade é crescente. As pessoas buscam exclusividade nos acabamentos e para isso a diversidade das pastilhas é muito útil. A argamassa específica para pastilhas da Cimentolit garante facilidade e um acabamento preciso na aplicação, não permitindo rejuntes em evidência ou cantos desnivelados”, afirma o diretor comercial da empresa, Bruno Badan.
O produto oferecido pela Cimentolit tem um diferencial dos principais concorrentes: além de assentar, ainda rejunta e pode ser usado para sobrepor pastilhas já fixadas, evitando a necessidade de mais retirar o material antigo. Após oito horas, a aplicação está concluída.

Dicas de uso da Argamassa Para Pastilhas Cimenflex:
A base de aplicação deve estar resistente, firme e curada (não aplicar em bases de madeira); Isenta de quaisquer tipos de sujeiras (poeiras, gorduras, fungos, graxa, oleosidade ou desmoldantes) que prejudiquem a aderência da argamassa. A base deve estar plana, sarrafeada e/ou desempenada, limpa e firme (sem ocos e esfarelamentos);Quando apresentar umidade constante deverá ser impermeabilizada antes da aplicação da argamassa;
A temperatura da base no momento da aplicação deve estar entre 10°C e 30°C;
Em situações de sobreposição lavar a base de aplicação com água e Detergente Primer Cimentolit para remoção de graxas e gorduras;
Em superfícies pintadas, remover totalmente a tinta e promover a limpeza conforme descrito acima;
Em superfícies enceradas, deverá ser aplicado removedor de cera e posteriormente lavar muito bem com água abundante.

Fonte: Obra24horas

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.