Curitiba é exemplo nacional em construção sustentável

Ao todo, 48,3% dos empreendimentos comerciais e corporativos lançados nos dois últimos anos na cidade de Curitiba/PR buscam selo verde, contra 47,2% dos lançamentos em São Paulo e 40,8% no Rio de Janeiro, que também estão em processo de certificação.

Marcos Casado, diretor técnico e educacional do Green Building Council Brasil (GBC Brasil) – que promove a certificação LEED (Leadership in Energy & Environmental Design) em âmbito nacional – destaca que o futuro do selo é promissor no País. “A meta é atingir 900 empreendimentos registrados e 120 certificados até o final de 2013”, reforça.

“Em Curitiba, a sustentabilidade nas edificações não é mais tendência e sim realidade. Este cenário só tende a crescer com a estabilização do setor da construção civil”, explica o vice-presidente do Sinduscon-PR para a área de meio ambiente, Almir Perru. De acordo ele, eficiência energética e certificação são hoje diferenciais competitivos cruciais na economia global, sendo fundamental para o crescimento de Curitiba e do Brasil.

“Estamos falando de empreendimentos com infraestrutura e operação de primeiro mundo, que passam por um rigoroso processo de auditoria internacional, para comprovar se eles realmente agregam uma série de benefícios, tanto ao meio ambiente como aos seus usuários”, ressalta Parciornik, diretor da Top Imóveis, empresa do setor imobiliário que especializada no segmento de espaços empresarias.       

Segundo ele, por conta deste cenário grandes corporações elegeram Curitiba como a “menina dos olhos”, quando o assunto é locação de imóveis para abrigar grandes equipes. “As vantagens são muitas, há uma redução significativa das taxas de condomínio, em grande parte por conta da diminuição do consumo de energia, em torno de 30%, de água, entre 30% a 50%, sem falar nas vantagens da operação inteligente do prédio, segurança, conforto térmico e acústico, além da preservação do meio ambiente”, explica.

Green Building Iguaçu 2820

Totalmente alinhado com este modelo de negócio, o complexo empresarial Iguaçu 2820 busca a certificação LEED, com entrega prevista para outubro deste ano. Com extensão total 35 mil metros quadrados, ele oferece seis mil metros quadrados de espaço corporativo, em cinco lajes de 1.200m², exclusivamente para locação, em um dos pontos nobres da cidade, no Batel, Avenida Iguaçu 2820. “Optamos pelo LEED porque é a certificação de maior importância no mundo. Ela define critérios de sustentabilidade para o edifício, desde a fase do projeto, passando pelo processo de construção até a sua ocupação”, explica o diretor da Construtora e Incorporadora Laguna, Gabriel Raad, responsável pela construção e administração do Iguaçu 2820.

O selo já é usado em mais de 140 países. O Brasil possui 698 empreendimentos registrados, sendo líder em construções sustentáveis na América Latina, aparecendo em quarto lugar no ranking de países certificados pelo LEED, atrás apenas de Estados Unidos (44.702), China (1.219) e Emirados Árabes (811). "Somente Curitiba é responsável por  cerca de 128.000 m² comerciais e corporativos, além de aproximadamente 330.000 m² relativos à outros usos, o que demonstra a expansão desse mercado", ressalta Guido Petinelli, que é responsável pelo processo de certificação de uma série de empreendimentos na cidade, incluindo o Complexo Empresarial Iguaçu 2820.

 

Fonte: Obra 24 horas

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.