Prefeitura de Maringá, no Paraná, cria curso para inserir mulheres na construção civil

Programa Capacete Rosa, desenvolvido para mulheres de mais de 18 anos, tem duração de 30 dias e oferece aulas básicas de pintura, instalação de pisos e acabamento de obras e azulejistas

As aulas do projeto Capacete Rosa, programa criado pela Prefeitura de Maringá, no Paraná, para inserir mulheres na construção civil, começaram nesta semana com 16 alunas. A primeira turma do curso vai formar azulejistas.

O curso, desenvolvido para mulheres com mais de 18 anos, tem duração de 30 dias e também oferece aulas básicas de pintura, instalação de pisos e acabamento de obras. A carga horária é de 160 horas.

"Essa capacitação com certeza é uma maneira de dar oportunidade para as mulheres que pretendem melhorar a renda e também mudar de profissão", afirma Flávio Vicente, secretário de Assistência Social e Cidadania.

Novas turmas serão formadas para aulas nos períodos da manhã e da tarde, segundo a Prefeitura do Paraná. As interessadas em participar devem ligar na secretaria da Escola Laura Rebouças e solicitar a inscrição. O telefone de contato é (44) 3901-1765.

Fonte: Revista Técnhe

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.