Ministro assina normativa incluindo Acre como livre de peste suína clássica


O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Antônio Andrade, assinou Instrução Normativa que inclui o Acre entre as Unidades da Federação livres de peste suína clássica. A medida foi anunciada ao governador do Acre, Tião Viana, nesta quarta-feira, 17 de julho, durante encontro com o ministro, em Brasília. A norma, no entanto, só passará a valer a partir da data de publicação no Diário Oficial da União (DOU).

“A partir da publicação dessa normativa, o Acre poderá exportar carne suína sem restrições sanitárias. Essa conquista será fundamental para a economia do estado”, explicou o ministro.

Atualmente, além do Distrito Federal, mais 14 estados integram a zona livre de peste suína clássica no Brasil. São eles: Bahia, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.

A peste suína clássica é uma enfermidade contagiosa causada por vírus que pode ser fatal aos suínos. A doença causa sérios prejuízos pela facilidade de disseminação e alto índice de mortalidade.

Os principais sintomas são depressão e febre alta, hemorragias, regiões avermelhadas, entre outras. Em alguns casos, também está diretamente relacionada a distúrbios reprodutivos em suínos

Fonte: Mapa

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.