Conheça a Agenda de Mudanças do Sistema Confea/Crea e Mútua

Revisar a legislação interna do Sistema; implementar a concessão de atribuições por meio da formação profissional (Resolução nº 1.010) até dezembro deste ano; defesa do salário mínimo profissional; fortalecimento da atuação das entidades de classe do Sistema; reconhecimento da importância da ART como instrumento de valorização profissional; maior eficiência no acompanhamento dos projetos de lei de interesse dos profissionais do Sistema; revisão da composição do plenário do Confea; ampliação da atuação da Mútua; planejamento, desenvolvimento e implementação de políticas públicas de desenvolvimento territorial nos vários níveis da engenharia e da agronomia públicas e da sustentabilidade ambiental; e superação dos conflitos entre conselhos: esses são os dez itens prioritários que compõem o escopo da Agenda de Mudanças proposta pelas lideranças do Sistema Confea/Crea e Mútua (conselheiros federais, presidentes de Creas e de Entidades, coordenadores nacionais de Câmaras Especializadas, além de convidados).

A definição foi feita durante o Seminário de Integração dos Conselheiros Federais com os Membros dos Órgãos Consultivos do Sistema Confea/Crea e Mútua, realizado de 21 a 23 de junho, em Águas de Lindóia (SP). Na ocasião, as lideranças também definiram uma agenda de ações parlamentares.

Saiba mais aqui.

 

Fonte: Confea

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.