Representantes do Cden visitam a Mútua

Benefícios da Mútua e apoio para entidades foram os temas tratados com os representantes. Sentados: Alexandre Santos, Aramis Guerra, Kleber Pinto e Francisco Teônio. Em pé, Ney Perracini e Lino Silva

 

Na tarde de ontem (10), a Mútua recebeu em sua Sede, em Brasília, membros do Colégio de Entidades Nacionais (Cden) para uma visita de cortesia. Os cinco representantes foram recebidos pelo diretor financeiro da Instituição, Lino Gilberto da Silva, que apresentou os benefícios oferecidos pela Mútua aos profissionais de todo o País que sejam registrados no Crea.

Na ocasião, o diretor financeiro também explicou quais critérios são necessários para apoio da Instituição em eventos promovidos pelas entidades de classes do Sistema Crea/Confea e Mútua.

Estiveram presentes o engenheiro civil e presidente do Clube de Engenharia de Pernambuco, Alexandre Santos; o presidente em exercício da FDEMI e representante da Federação das Associações dos Engenheiros de Minas do Brasil, Kleber Farias Pinto; o engenheiro eletricista e representante da Associação Brasileira de Engenheiros Eletricistas (ABEF), Aramis Guerra; engenheiro civil  e representante da Associação Brasileira de Engenheiros Civis (Abenc), Ney Fernando Perracini de Azevedo; o técnico industrial e de Edificações, representante da Fentec, Francisco Teônio da Silva.

 

Colégio de Entidades Nacionais

O CDEN é composto pelos presidentes ou representantes das Entidades Nacionais do Sistema Confea/Crea. Atualmente, é composto por 28 entidades nacionais, credenciadas junto ao Confea, organizadas por área de formação e/ou atuação profissional, representadas por seus presidentes ou substitutos legais.

Tem por objetivo elaborar, realizar, participar, implementar, indicar e primar sobre política de formação, especialização e atualização dos profissionais, entre outros assuntos.

 

Foto: Nídia Rios (Acme/Mútua)

Fonte: Acme/Mútua

Compartilhe essa postagem:

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.