Governo anuncia leilão para escoar um milhão de toneladas de milho de Mato Grosso

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) fará leilão eletrônico na terça-feira (16/7), às 9h, para remoção de um milhão de toneladas de milho do Mato Grosso para 12 estados e o norte de Minas Gerais. O valor considerado para o produto é de R$ 0,217 o quilo do grão (R$ 13,02 a saca de 60 kg). 

O pregão será de Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural e ou sua Cooperativa (Pepro), no qual o prêmio é o valor máximo pago pelo governo aos produtores rurais, representados ou não por suas cooperativas, que realizarem a venda e escoamento do produto. “Se não houver deságio, devem ser aportados cerca de R$ 60 milhões. Essa é mais uma prova que o governo está atento à questão”, explica o secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Neri Geller. 

Ainda de acordo com o secretário, o leilão vai auxiliar na garantia do preço mínimo aos produtores do Mato Grosso e no escoamento da produção para algumas das localidades com maior déficit de abastecimento do cereal. 

O cereal só poderá ser destinado para os estados do Amazonas, Acre, Amapá, Roraima, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Rio de Janeiro e Espírito Santo, além do norte de Minas Gerais. 

Nesta semana, o Governo Federal estabeleceu os parâmetros para a garantia de preço mínimo e a recomposição de estoques públicos de milho. Serão destinados R$ 700 milhões para operações de instrumentos de apoio à comercialização pela Conab, nas modalidades de Pepro, de Prêmio de Escoamento de Produto (PEP) e de recompra ou repasse dos contratos de opção de venda.  

Fonte: Globo Rural

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.