Juros menores fazem casa própria superar construção comercial

A facilidade de crédito para compra da casa própria fez a construção e reforma de imóveis residenciais superar a edificação de conjuntos comerciais e industriais. A participação das residências no negócio total da construção civil aumentou quase 50% em quatro anos.

Em 2007, as casas e os apartamentos eram 15% das obras. Em 2011, passaram a ser 22%. Os projetos comerciais e industriais eram 17% em 2007 e caíram para 15% em 2011.

Os dados são de 2011, mas foram anunciados somente nesta sexta-feira (28) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Esse levantamento, chamado de Pesquisa Anual da Indústria da Construção Civil, é divulgado pelo IBGE normalmente com dois anos de atraso.

Segundo o IBGE, o crescimento das obras residenciais está relacionado ao aumento do crédito imobiliário e do número de unidades financiadas, influenciados pela redução da taxa de juros e pela ampliação dos prazos de financiamento, da renda e do emprego.

As obras de infraestrutura (como estradas e pontes) correspondem à maior parte do setor: eram 49% em 2007 e, em 2011, ficaram em 44%.

 

Fonte: UOL Notícias

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.