Setor de materiais de construção mantem otimismo nas vendas

Expectativa para o próximo mês é boa

A Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (ABRAMAT) divulga o Termômetro mensal referente ao mês de junho.  A sondagem aponta que o período atual (junho), obteve a média geral “Bom”, com 56% das empresas considerando o desempenho de vendas no curto prazo entre “Bom” e “Muito Bom”. A expectativa para o próximo mês é que a média se mantenha estável em “Bom”, com elevação para 59%. 

Em relação às Expectativas Sobre Ações do Governo para o desenvolvimento do setor nos próximos 12 meses, a sondagem entre as indústrias de material de construção indica uma queda de 9% no otimismo, atingindo 26% em junho contra os 35% referentes ao mês anterior. Segundo Walter Cover presidente da ABRAMAT, esta queda se deve ao atraso nas obras de infraestrutura e à indefinição sobre a continuidade das medidas de desoneração do setor, em particular a desoneração do IPI e da folha de pagamentos.

Dentro das pretensões de investimentos no médio prazo, 72% das indústrias de materiais pretendem investir nos próximos 12 meses. "A despeito da falta de novas medidas de incentivo no setor e do baixo crescimento da economia, a indústria de materiais mantém uma atitude positiva quanto aos seus investimentos a médio prazo", explica Cover. 

O nível atual de Utilização da Capacidade Instalada se manteve intacto, permanecendo em 81%, mesmo percentual dos meses de abril e maio.

Fonte: Abramat

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.