Apresentação da Mútua na Plenária do Confea tem como foco a alteração de benefícios da Instituição

Diretor de Benefícios da Mútua, Ricardo Antonio de Arruda Veiga, apresenta Relatório de Desempenho durante Sessão Plenária do Confea

Como acontece todos os meses, a Mútua esteve presente na Sessão Plenária do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea), quando fez a apresentação de seu relatório mensal e um balanço dos últimos dez meses. A 1401ª Plenária iniciou-se com palestras da área tecnológica.

Abrindo os trabalhos, a primeira palestra ficou a cargo da diretora do Departamento de Gestão Ambiental Urbana da Secretaria de Recursos Hídricos e Ambiente Urbano (SRHU) do Ministério do Meio Ambiente (MMA), Silmara Vieira da Silva, que apresentou os eixos do Plano Brasil+20, ainda em elaboração, que trata de sustentabilidade nas cidades. 

Silmara Vieira da Silva, diretora do Departamento de Gestão Ambiental Urbana da Secretaria de Recursos Hídricos e Ambiente Urbano do MMA ministrou palestra durante a Plenária

 

Na sequência, o diretor de Integração das Redes de Educação Profissional e Tecnológica do MEC, Marcelo Machado Feres, ministrou palestra acerca da formação superior dos profissionais da Engenharia e Agronomia e da caracterização do profissional tecnológico. Ele destacou o crescimento na procura por cursos de Engenharia no País. Em 11 anos, de acordo com pesquisas, o número de profissionais formados ultrapassou os 200 mil.

Marcelo Machado Feres, diretor de Integração das Redes de Educação Profissional e Tecnológica do MEC, ministrou palestra na Plenária 1.401 do Confea

 

Relatório de Desempenho

Em sua apresentação, o diretor de Benefícios da Mútua, Ricardo Antonio de Arruda Veiga, destacou o aumento no número de novas adesões e na contratação dos benefícios oferecidos pela Instituição.

O diretor explicou as principais ações em execução na Instituição com foco na melhoria dos serviços prestados aos associados. Entre elas, aumentar o patrimônio da Mútua por meio da compra de mais apartamentos em hotéis em Brasília, e demais ações.

 

Alteração nos benefícios

A proposta de alteração nos benefícios da Mútua, já no Confea, para aprovação, apresenta mudanças consideráveis. Uma delas é a ampliação do valor do teto dos benefícios. Atualmente, o valor máximo para empréstimo é de até 50 salários mínimos. Com a aprovação da proposta este número será ampliado para até 80 salários.

A margem de comprometimento de renda também deve ser alterada. A partir da aprovação do Confea, o valor de comprometimento passa a ser de até 30% da renda bruta familiar. Outro ponto importante nessa alteração é que o mutualista poderá solicitar um novo benefício, independentemente da quitação do atual.

Outra vantagem é a baixa nos juros praticados. Para reembolsos de até 42 meses os juros atuais são de 0,90%. Com a mudança, o percentual cobrado seria de apenas 0,30%. Para reembolsos de até 12 meses, os juros, que em média custam 0,6%, deverão serreduzidos a 0,3%.

A reformulação dos regulamentos dos benefícios da Mútua, aprovada pela Diretoria Executiva da Instituição, foi enviada, em março, ao Confea para apreciação dos conselheiros federais e aguarda posicionamento para ser efetivamente implementada.

Equipe da Gerência de Benefícios da Mútua, liderada pelo gerente Luciano Kede (primeiro à esquerda), acompanha a Plenária do Confea

 

Fotos: Nídia Rios (Acme/Mútua)

Fonte: Acme/Mútua

Compartilhe essa postagem:

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.