MDIC apresenta novidades do programa de capacitação de trabalhadores do Pronatec

O diretor de Tecnologias Inovadoras da Secretaria de Inovação do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Rafael de Sá Marques, apresentou na quarta-feira (12) em Brasília, aos membros do Conselho de Administração da CBIC as mudanças ocorridas no Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego) – Capacitação.

O Pronatec agora faz parte do Plano Brasil Maior, que busca a melhoria da competitividade do setor e esta promovendo um grande programa de capacitação para requalificar os atuais trabalhadores e qualificar os trabalhadores da construção civil. “O objetivo é oferecer cursos que promovam a inclusão produtiva e ampliem a competividade e a inovação das empresas brasileiras”, diz Rafael Marques.Nesse novo formato, a ideia é que as entidades representativas do setor participem do levantamento das demandas e da elaboração do conteúdo das turmas.

Na ocasião, foi apresentado o Quadro de Demanda a ser preenchido pelas empresas do setor da Construção com a descrição do curso necessário; tipo do curso; Cadastro Brasileiro de Ocupações (CBO); unidade da federação; município; demanda por qualificação; demanda por requalificação, e mês desejado de início do curso.Como o setor da construção já esta trabalhando com o Pronatec, via Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), os cursos que exigiam qualificação, mas não se enquadravam no alvo do MDS, agora podem ser incluídos no Pronatec Plano Brasil Maior.

Segundo Rafael Marques, isso facilitou a formação das turmas. “Os cursos poderão ser realizados dentro da própria empresa, com a participação dos atuais funcionários e dos que estão sendo selecionados pelas empresas”, disse.De acordo com ele, não existe um compromisso de contratação. O que existe é que as empresas devem fazer um levantamento da demanda e participar da elaboração do curso.

A CBIC deve assinar em breve um convênio de cooperação com o MDIC visando a formação de profissionais da construção por meio do Pronatec, com foco prioritário nas demandas do setor.O vice-presidente da CBIC, José Carlos Martins, destacou que a criação de cursos para quem já esta na obra é uma grande conquista do setor.Serão realizados pilotos no Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Paraíba.

Fonte: Câmara Brasileira da Indústria da Construção 

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.