Número de empreendedores do país cresce mais de 40% nos últimos anos

A cada quatro trabalhadores brasileiros, três querem ter o próprio negócio. Principais motivos são independência pessoal e perspectiva de renda maior

O número de empreendedores no Brasil cresceu 44% nos últimos 10 anos. É o que revela a pesquisa da Endeavor, uma organização internacional sem fins lucrativos que promove o empreendedorismo de alto impacto.

A cada quatro brasileiros, três querem ter o próprio negócio. “Setenta e seis por cento das pessoas entrevistadas têm interesse em empreender, então esse é um número relevante se a gente comparar com outros países. Apenas a Turquia tem um percentual maior do que o Brasil”, afirma Illan Sztejnman, gerente regional da Endeavor.

Ideias podem virar um negócio e lucrativo.

Leia a matéria completa apresentada nesta segunda-feira (18), na página do Jornal Hoje, da Rede Globo de Televisão.

Conheça o Auxílio Empreendedor da Mútua: o primeiro passo para a independência pessoal

Pensando na ascensão profissional de seus associados, a Mútua criou o benefício reembolsável Auxílio Empreendedor.

Com a alta procura pela independência financeira através de um negócio próprio, o benefício da Mútua ajuda os associados em suas necessidades de investimentos fixos indispensáveis a implantação, modernização, expansão e melhoria do processo produtivo, e, ainda 30% para capital de giro associado ou capital de giro isolado, ou seja, é um investimento onde a parcela de recursos é destinada para cobrir as despesas iniciais que a nova empresa terá com os investimentos. Um exemplo seria o de um financiamento de uma máquina, podendo necessitar de capital de giro para a matéria-prima.

O benefício atende, inclusive, os formados (com um ano de associatividade), com a intensão de começar um negócio.  Serão entendidos itens financiáveis, bens e serviços inerentes à atividade, previstos no projeto apresentado.

No ano passado o valor concedido para esse benefício foi de aproximadamente R$153.000.

Os associados interessados em solicitar o benefício Auxílio Empreendedor devem estar adimplentes com as anuidades, não ter outros benefícios reembolsáveis em aberto ou, caso tenham algum, que haja a quitação de pelo menos 50%.

Para mais informações, acesse.

Compartilhe essa postagem:

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.