Pesquisadores de Harvard desenvolvem uma folha biônica pode acabar com o problema de escassez de alimento no mundo

Pesquisadores de Harvard desenvolvem uma folha biônica que acabará com o problema de escassez de alimento no mundo

Um sistema desenvolvido por pesquisadores de Harvard, capaz de imitar a fotossíntese para produzir fertilizantes, poderia ajudar a resolver um dos maiores problemas do mundo: a fome.

Os cientistas consideram que o sistema artificial – que é como uma folha biônica –poderia um dia ser utilizado para ajudar a aumentar o rendimento das culturas em países em desenvolvimento e a combater a fome no mundo.

Há muito problemas de escassez de alimentos devido a expansão de populações em todo mundo. Considerando que até 2050 seremos mais de 9 bilhões, e em 2100 até 11,2 bilhões, é de se julgar que a falta de preparação possa ter consequências desastrosas para a Terra.

A equipe de pesquisadores liderada pelo Dr. Daniel Nocera, criou um sistema capaz de usar bactérias, luz solar, água e ar para produzir uma maior quantidade de fertilizantes (e no próprio solo onde as culturas estiverem) do que a fotossíntese natural – o que poderia ajudar a estimular a próxima revolução agrícola.

Os legumes que foram alimentados com os fertilizantes produzidos pela folha biônica pesavam 150% a mais do que as culturas produzidas em um grupo de controle. O próximo passo da experiência é aumentar a taxa de produção do sistema, para que um dia agricultores na Índia ou na África Subsaariana possam usar a tecnologia para produzir o próprio fertilizante.

“Países mais pobres do mundo emergente nem sempre têm os recursos necessários para isso produzir fertilizantes”, explicou Nocera. “Devemos pensar em um sistema de distribuição para onde é realmente necessário”.

Fonte: http://engenhariae.com.br/

Compartilhe essa postagem:

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.