Ministério da Transparência identifica incompatibilidade com projeto em quase metade das unidades do MCMV

A maior parte dos problemas está relacionada a trincas, fissuras, infiltrações e vazamentos

Pesquisa divulgada pelo Ministério da Transparência, antiga Controladoria Geral da União (CGU), mostra que 48,9% das unidades do programa Minha Casa Minha Vida (MCMV) na modalidade do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR) não são compatíveis com o previsto nos projetos. A maior parte dos problemas está ligada ao surgimento de trincas e fissuras, além de infiltrações e vazamentos. Os dados consideram 688 empreendimentos em todo o País, construídos entre 2011 e 2014.

Outro problema detectado é de que em apenas 38,3% dos casos estudados houve a aderência da infraestrutura pré-estabelecida, com a maior parte dos casos de incompatibilidade voltados a itens de pavimentação, rede de drenagem e esgoto sanitário.

Desse documento, o Ministério da Transparência concluiu problemas quanto à evidenciação da análise dos projetos e das planilhas orçamentárias, frequência de problemas construtivos nas unidades habitacionais e nos empreendimentos e fragilidades na aplicação de critérios de hierarquização e de transparência na seleção de beneficiários.

As unidades do MCMV feitas pelo FAR atendem famílias com renda de até três salários mínimos.

Fonte: http://construcaomercado.pini.com.br/

 

Compartilhe essa postagem:

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.