Governo do Paraná credencia especialistas em BIM para projetos de obras públicas

Utilização da tecnologia faz parte do Plano de Metas do Estado para melhoras os seus processos de gestão

O Governo do Paraná abriu a Chamada Pública nº 001/2017 para buscar propostas para o credenciamento de instituições de ensino superior, empresas desenvolvedoras da tecnologia Building Information Modeling (BIM) e prestadoras de serviços de arquitetura, engenharia e construção. O objetivo é promover ações conjuntas para melhorias na gestão de seus projetos e de obras públicas, como as edificações e a infraestrutura rodoviária do estado.

“A tecnologia BIM permite ter um controle mais eficiente dos projetos e obras, minimizando inconsistências, permitindo mais transparência e eficiência dos investimentos públicos”, explicou o secretário de Infraestrutura e Logística do governo estadual, José Richa Filho. Presente no Brasil, o processo já é disseminado em países como Finlândia, Dinamarca, Reino Unido, Singapura e Estados Unidos.

O diretor do Departamento de Gestão de Projetos e Obras, Engenheiro Lidio Akio Sasaki, discorre sobre a importância medida. “A Chamada Pública é uma importante etapa para fomentar a utilização da tecnologia BIM no Paraná. Queremos intensificar o diálogo e a parceria com empresas desenvolvedoras de tecnologia BIM, empresas ligadas à AEC [Arquitetura, Engenharia e Construção] e Universidades. A utilização da tecnologia BIM contribuirá para melhoria da gestão das obras, trazendo ganhos expressivos na qualidade e compatibilização dos projetos, controle de custos de obras, sustentabilidade e transparência”.

Os interessados em participar da Chamada Pública podem preencher o formulário e anexar os documentos solicitados clicando aqui. (http://www.bim.pr.gov.br/) As inscrições vão até 30 de junho, e as informações necessárias para a participação estão no edital Chamada Pública SEIL 001/2017.

Fonte: http://construcaomercado.pini.com.br/

 

Compartilhe essa postagem:

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.