Regionais da Mútua Norte reúnem-se em Roraima para a sua 9ª Reunião

Reunidos em Roraima desde a manhã de segunda-feira (21), os diretores das Regionais da Mútua da Região Norte encerraram hoje a 9ª Reunião das Caixas Norte. O encontro foi palco da discussão de temas relacionados a planos de saúde e previdência, benefícios, despesas operacionais, inadimplência, renegociação, orçamento 2017 e divulgação da Mútua, entre outros.

Também participaram da reunião os diretores executivos da Mútua, Paulo Roberto de Queiroz Guimarães (presidente), Gerson de Almeida Taguatinga (financeiro) e Júlio Fialkoski (administrativo), o presidente do Crea-RR e conselheiro federal eleito, Marcos Camoeiras, e seu conselheiro federal suplente, Eurico Sobrinho, que foi diretor administrativo da Mútua da Regional RR na gestão anterior. Estiveram presentes, ainda, alguns dos gestores da Sede, convocados especialmente para prestar esclarecimentos, tirar dúvidas e dar encaminhamentos às questões das Regionais, conforme a pauta prevista para a reunião.


Mesa dos trabalhos: Lisarb Pinheiro (RR), Carlos Xavier (RO), Paulo Guimarães, Julio Fialkoski, Gerson Taguatinga e Roberto Suetônio (RR)

Paulo Guimarães avaliou a metodologia adotada para a reunião como muito positiva. “Tivemos só elogios de todos os diretores sobre a forma como estamos conduzindo a reunião, dando espaço às manifestações das Caixas e encaminhamento imediato por parte das áreas envolvidas nas quest]oes apresentadas pelos diretores regionais”. Segundo ele, com a pauta levantada com antecedência e a presença dos gestores para os devidos encaminhamentos, foi possível abordar os assuntos de forma excelente e com profundidade.

Parabenizando a Caixa Roraima pela acolhida, Júlio Fialkoski frisou a importância da presença de cada um. Segundo ele, já que o trabalho desenvolvido pela Mútua depende muito do Confea, que é formado por conselheiros de diversas regiões, “o engajamento de todos os níveis do Sistema é fundamental para que possamos avançar em nível nacional”, disse. “Vocês precisam acompanhar as ações, objetivando a solução de cada questão; vamos continuar avançando na Mútua e fazendo o melhor para todos os nossos associados e profissionais”, afirmou.

Para o presidente do Crea-RR, Marcos Camoeiras, o envolvimento dos Creas na reunião das Regionais é muito importante. “Nessas reuniões regionalizadas a gente consegue ficar mais à vontade para tratar de questões bem específicas da Região. Isso é importante porque, no futuro, em uma reunião nacional, por exemplo, estaremos com o assunto que diz respeito a uma determinada Região bem discutido e poderemos defender as questões com embasamento”, avaliou Camoeiras.

O ex-diretor administrativo da Mútua-RR e conselheiro federal suplente eleito Eurico Sobrinho afirmou que, comparando ao período em que atuou na diretoria da Mútua houve muita evolução na reunião da Regionais, inclusive nos assuntos propostos. “Seria bom se houvesse a participação dos antigos diretores para poder transcrever o que já ocorreu em outras reuniões das Caixas Norte. Nosso Sistema é muito interessante no sentido democrático: se observarmos a composição dessa reunião das Caixas Norte, por exemplo, contamos com colegas de alta experiência, como o nosso presidente Paulo Guimarães, e com novos colegas. Seja nesse ponto de vista de maturação do conhecimento, seja no sentido de trilhar os assuntos já debatidos, acho que está havendo uma evolução”.


Eurico, Camoeiras e Guimarães

De acordo com o diretor geral da Caixa RO e coordenador das Caixas Norte, Carlos Antônio Xavier, o modelo proposto para a condução dos trabalhos foi muito bom e proporcionou uma evolução estupenda. “Todas as Caixas tiveram seu momento de explanar suas necessidades, esclarecer dúvidas, de expor problemas e a Direx também teve um momento de mostrar o seu trabalho e acolher as nossas propostas,  ouvindo as diretores”, ponderou. Para ele, a participação dos gestores e colaboradores é essencial, uma vez que a Mútua é um conjunto de pessoas e os colaboradores, apesar de ficarem na retaguarda, são os que fazem a maior parte do trabalho.


Diretores das Regionais RR e RO

O anfitrião da reunião, diretor geral da Caixa Roraima, Roberto Suetônio da Silva Gomes, acredita que a reunião contou com uma boa coordenação e atendeu a todos os que participaram com as suas reivindicações. “Precisamos de uma assessoria efetiva e precisa. A presença dos gestores nos proporcionou acesso a informações precisas e imediatas para que nós tenhamos como fazer o nosso planejamento e possamos atender melhor aos nossos associados”, elogiou.

A diretora geral da Caixa PA, Ana Maria Pereira de Faria, considerou as apresentações realizadas no evento muito boas, promovendo o aumento do conhecimento sobre a Instituição, o que é muito importante. “Destaco a palestra sobre o Tecnoprev e suas mudaças, um dos pontos fortes do atrativo para a Mútua, não apenas do associado mas, também, dos Creas. Essa pode ser a chave para alavancar a aproximação dos profissionais da área tecnológica ao nosso Sistema”.


Diretores PA

Michelli das Mercedes Bessa Silva, diretora geral da Mútua AP, elogiou o apoio que as Caixas Norte de menor porte, principalmente as do Amapá, Acre e Roraima, estão tendo por parte da Diretoria Executiva. Além disso, afirmou, a presença da Direx, dos gestores da Sede e dos colaboradores da Mútua-RR foi um ganho. “Conseguimos tirar as nossas dúvidas, pois eles conhecem a nossa realidade, que é muito parecida. Trabalhamos em harmonia, com um objetivo em comum”.


Diretores AP

Em consonância com a colega, o diretor geral da Caixa AM, Teishin Guenka, considerou a reunião como uma das melhores que ele já acompanhou. “Foi bem prática, não teve muita discussão, foi bem direta. Acho que a participação dos responsáveis por algumas das áreas da Sede resolve de imediato cerca de 70% das questões”, parabenizou.


Diretores AM

As melhorias no resultado da reunião também foram destacadas pelo diretor geral da Caixa TO. Para João José de Souza Cruz, a metodologia adotada tem proporcionado um bom aproveitamento. “Quando chegamos para discutir as nossas proposições, já encontramos parte das respostas prontas e questões resolvidas. Aí fazemos a discussão para melhorar e alavancar outros assuntos, com mais rapidez para chegar aos resultados que estamos esperando”, avalia. Segundo ele, os diretores regionais estão mais satisfeitos, pois estão encontrando mais resultados para os associados, seja na questão dos benefícios ou de outros ganhos sociais.


Diretores TO

Além da presença dos diretores executivos da Mútua e dos gestores dos assuntos relacionados à pauta, a diretora geral da Mútua-AC, Carmem Bastos Nardino, destacou a condução dos trabalhos como ponto alto da reunião. “A pauta foi bem estruturada, com horários planejados, o que contribuiu muito para o ótimo resultado da reunião. “Espero que nas próximas reuniões os gestores também estejam presentes, junto com a Diretoria Executiva”, frisou.


Diretores AC

Também acompanharam a reunião os diretores da Mútua-AC, Amarildo Uchoa Pinheiro (financeiro) e Maria Dalzenira Silva de Franca (administrativo); da Caixa AP, Frederico Fonseca Fernandes de Medeiros (financeiro) e Lourival Augusto Dias Filho (administrativo); da Mútua-AM, Antônio Joaquim do Espírito Santo Oliveira (financeiro) e Amarildo Almeida de Lima (administrativo); pelo Pará, Carlos Eduardo Domingues e Silva (financeiro) e Gilmário da Silva Drago (administrativo); por Rondônia, Marcos Cezar Azzi Paes (financeiro) e José Arnaldo da Silva (administrativo); da Regional anfitriã, RR, Lisarb Padilha Pinheiro (financeiro) e Jorge da Silva Barbosa (administrativo); e pela Caixa TO, Itamar Xavier da Silva (financeiro) e Cezar Almeida Batista (administrativo).

Fonte e fotos: Gecom/Mútua

Compartilhe essa postagem:

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.