Mulheres paraibanas conquistam espaço na construção civil

Atualmente as mulheres são apenas 4 mil em um universo de 178 mil trabalhadores da construção civil na PB, mas não se intimidam e procuram cada vez qualificação. Um exemplo disso é u aumento de mulheres A procura de mulheres para nos cursos na área da construção civil oferecidos pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai).

Em 2014, de 178 mil trabalhadores da construção civil na Paraíba, 4 mil eram mulheres, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE). Apesar de ainda ser um número pequeno em proporção a quantidade de homens trabalhando no meio, esse mercado está ficando mais feminino com o passar dos anos. No ano de 2004, por exemplo, o número de mulheres na construção foi menor que mil, num total de 135 mil trabalhadores, de acordo com o IBGE.

A procura de mulheres para os cursos na área da construção também está crescendo, é o que diz o gerente do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) da unidade de cursos da construção civil, Paulo Félix. “Esse é um mercado amplo e aberto para ambos os sexos. A gente vê nos cursos do Senai que tem bastante mulheres, inclusive nos cursos de pedreiro. Profissões que antes precisavam de muita força bruta, hoje estão tendo esses paradigmas quebrados”, comentou o gerente. O Senai da unidade em Bayeux oferece diversos cursos na área da construção civil, nos turnos da tarde e noite. Entre eles estão: Instalador de drywall (12 vagas), pedreiro (18), eletricista instalador residencial (18), instalador hidrossanitário (18), operador de betoneira (16), sistemas impermeabilizantes (18), operador de grua sinaleiro amarrador (16), instalador de eletrônicos de segurança (18), guincheiro (16), entre outros.

Fonte: http://www.pbagora.com.br/

Compartilhe essa postagem:

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.