Diretores da Mútua participam de congresso internacional no RJ


Diretores da Mútua – executivos e regionais – no estande da Caixa de Assistência no 10º Icec

Aberto no domingo (9), o 10º Icec (International Cost Engineering Council) é realizado esta semana no Rio de Janeiro pelo Instituto Brasileiro de Engenharia de Custos (Ibec), com o apoio de diversas instituições, entre elas a Mútua. Debatendo os principais temas ligados à Engenharia de Custos e ao Gerenciamento de Projetos, o evento segue até essa quarta-feira, no hotel Windsor Barra.

Com a participação de representantes de diversos países e de todos os estados do Brasil, o Icec se configura como o maior Congresso da área de Engenharia de Custos e Gerenciamento de Projetos. A Mútua, como braço assistencial do Sistema Confea/Crea que, além de prestar auxílio social aos profissionais, também assume papel central no fomento ao desenvolvimento intelectual e na qualificação técnica e especializada dos integrantes da área tecnológica brasileira, não poderia ficar alheia a esse importante espaço de debates e disseminação de experiências, boas práticas e novidades do setor.

Diretores da Caixa de Assistência – executivos e regionais – estão no Rio de Janeiro acompanhando o evento, participando dos debates, compartilhando suas vivências e agregando novos conhecimentos para suas atuações, tanto nas atividades na Mútua, quanto no mercado de trabalho. Oportunamente, durante o Congresso, o diretor-presidente da Mútua, eng. civ. Paulo Roberto de Queiroz Guimarães, reuniu-se com o presidente do Confea, José Tadeu, e o presidente do Ibec, Paulo Roberto Vilela Dias, iniciando tratativas com relação à formatação de uma parceria entre as três instituições para atualização de estudos que o Ibec já possui em face do cálculo de valores do trabalho dos engenheiros na confecção de projetos. O presidente da Caixa de Assistência ainda conversou com Dias sobre a possibilidade de serem oferecidos descontos aos associados da Mútua em cursos de qualificação na área de Engenharia de Custos promovidos pelo Ibec.


Dirigentes da Mútua, Confea e Ibec aproveitaram o Encontro para estreitar a parceria entre as Instituições

José Chacon de Assis, vice-presidente do Ibec, que ao lado do presidente da entidade esteve à frente da organização do 10º Icec, antes mesmo da conclusão do Congresso já fala de forma nostálgica sobre toda a trajetória seguida para a concretização de todos os preparativos para o evento. “Começamos a construir o 10º Icec há 4 anos, quando fomos escolhidos para sediar esse grandioso evento. Na ocasião, estávamos concorrendo com os Estados Unidos e o Canadá e somos o primeiro país da América Latina a recepcionar o Congresso. Nesses quatro anos estivemos em diversos países divulgando o evento e arregimentando novas entidades locais de Engenharia de Custos. Outras vitórias muito significativas a serem comemoradas é a presença, aqui no 10º Icec, de mais 120 representantes de outros países – estão participando profissionais de nações da Ásia, África, Europa, América Latina e América do Norte – e o número de trabalhos científicos da área inscritos no Congresso e que estão sendo apresentados: são 85 trabalhos, enquanto que nas outras duas edições não foram nem 50 em cada uma delas”, comemora.


O evento reúne profissionais de todos os estados e de outros países

Veja mais fotos do evento

Confira, a seguir, depoimentos de diretores da Mútua que participam do evento na capital fluminense.

Diretor-presidente da Mútua, eng. civ. Paulo Roberto de Queiroz Guimarães

“Fazendo um balanço inicial, observo que a principal mensagem que ficará após o 10º Icec é a de que o Brasil precisa, de fato, implantar e agregar mais a Engenharia de Custos e aperfeiçoar sua área de planejamento de obras, pois isso é fundamental para que tenhamos o custo real das obras e projetos de Engenharia. A participação da Mútua no evento tem sido muito elogiada e os nossos diretores que puderam estar presentes estão se dedicando aos trabalhos do Congresso e tenho certeza que sairão daqui com novos conhecimentos”

Diretor de Benefícios da Mútua, eng. civil Jorge Silveira

“Estão sendo oportunizados debates fundamentais à Engenharia brasileira. A Engenharia de Custos minimiza os preços das construções em geral, não sendo nem os mais altos nem os mais baixos, simplesmente os preços justos e corretos a serem aplicados. Nosso momento atual reflete ainda mais essa relevância da área, visto que mais de 500 obras estão paradas em nosso país. Uma obra bem planejada, com um orçamento criterioso é requisito básico. Sem isso, temos o aumento do valor das obras e sua concretização no dobro de tempo inicialmente estipulado. Nesse cenário também inferimos que a Mútua, ao participar de um evento como esse, está cumprindo seu papel. Aqui temos mais de 600 profissionais do Brasil e muitos deles não conheciam a Mútua. Com nosso estande bem localizado, que fica na passagem para o auditório, estamos conseguindo chegar a esses profissionais e mostrar a importância da Caixa de Assistência e como ele pode ter auxílio para seu desenvolvimento pessoal e profissional”

Diretor de Tecnologia da Mútua, eng. civ. Marcelo Morais

“Um evento mundial como esse, que reúne profissionais de diversos países e que é norteado por temas de grande relevância, nos remete à importância de a Mútua estar participando desse processo de construção e fortalecimento dos profissionais. Estamos aqui cumprindo o papel da Mútua, ajudando a criar a massa crítica da Engenharia de Custos brasileira, através dos debates envolvendo temas como gestão de projetos, custos, licitações, performance, medições, formação de equipes e muitos outros”

Diretor-geral da Mútua-BA, eng. agrim. Joseval Costa Carqueija

“Estão presentes no Icec diversas autoridades da área de Engenharia de Custos de diversos países. Esse é um evento muito importante, que acrescenta aos profissionais uma bagagem muito grande de conhecimentos. Precisamos saber, cada vez mais, gerenciar os custos de um projeto. Não podemos continuar a conviver com os chamados aditivos feitos ao longo do projeto, que encarecem de forma significativa as obras. Antes mesmo de a Mútua ter aprovado a participação de seus diretores no Icec já havia feito minha inscrição, pois sei da relevância desse evento e também pelo incentivo do vice-presidente do Ibec, José Chacon de Assis, que é um parceiro da Mútua. Inclusive, nossos esforços conjuntos resultaram na oferta de uma pós-graduação na área de Engenharia de Custos para um associado da Mútua na Bahia”

Diretora-geral da Mútua-AP, eng civ. Michelli das Mercedes Bessa Silva

“Trabalho no setor de Planejamento do TRE-AP e a Engenharia de Custos é meu dia a dia. Então, ter a oportunidade de ouvir outros profissionais da área, até mesmo de outros países, é algo realmente significativo. É um engrandecimento profissional. A Engenharia de Custos e o planejamento são fundamentais em qualquer obra. Conhecer a experiência e a percepção de profissionais de outros países nos mostra como o Brasil não valoriza a Engenharia de Custos da forma que deveria. Se isso ocorresse, muitos dos problemas que vemos nas obras públicas nem existiriam”

Diretor administrativo da Mútua-DF, téc. em Automobilística Wellington Siqueira de Medeiros

“Estamos debatendo diversos assuntos, mas o foco central do evento é a Engenharia de Custos. Destaco a apresentação de novos procedimentos para as planilhas de Engenharia de obras e a participação de representantes de diversos países. Com espaço para questionamento dos Congressistas, temos tido debates bastante frutíferos, uma verdadeira troca de aprendizagem e experiências com profissionais de outros países. Por diversas vezes foi enaltecida a presença da Mútua no 10º Icec, ressaltando que a Caixa de Assistência precisa, cada vez mais, fazer parte de todo o processo que envolve as categorias da área tecnológica”

Diretor-geral da Mútua-MS, eng. civ. Jean Saliba

“O Icec já se mostra como um grande evento que ficará marcado na história da Engenharia de Custos brasileira. Toda a organização está sendo muito bem conduzida, o evento conta com ótimos palestrantes, profissionais renomados e nas palestras estamos discutindo assuntos de vanguarda e as principais novidades da área. A nossa participação (diretores da Mútua) valeu muito a pena e tenho certeza que até o final do Congresso teremos absorvido conhecimentos muito relevantes para nossas atuações”

Diretor financeiro da Mútua-SC, eng. civ. Laércio Domingos Tabalipa

“Um evento muito bom, tanto ontem, quanto hoje, todas as palestras têm sido muito interessantes. Eu que sou da área privada e participo com frequência de concorrências, sei que a área de custos é essencial. Realmente uma excelente oportunidade que a Mútua ofereceu a seus diretores de poderem participar do Icec, onde estamos podendo rever e atualizar muitos conhecimentos. Todo o evento está muito bem organizado e está sendo muito prestigiado pelos profissionais, inclusive pelos diretores executivos da Mútua e muitos regionais. O conteúdo do Congresso é algo que tem estado em voga nessa crise atual. Todos nós temos estado mais preocupados com os custos, sejam eles no âmbito pessoal ou profissional. Dessa forma, debater esse assunto é fundamental”

Diretor-geral da Mútua-MG, eng. civ. Mauricio Fernandes da Costa

“A avaliação de custos está sendo tratada no 10º Icec sob a ótica de diferentes abordagens e levando-se em consideração diversos aspectos. Isso é muito importante, principalmente neste momento em que a Engenharia está sendo vista de forma negativa, com todos esses escândalos de superfaturamento de obras. Então, o Congresso veio a calhar, com palestras tratando exatamente sobre isso que estamos vivendo. A Mútua tem que apoiar e estar presente nessas iniciativas da Engenharia, pois quando a Engenharia está em evidência o Sistema Confea/Crea e Mútua também está. Além de prestar assistência ao profissional para sua vida pessoal, a Mútua também precisa apoiá-lo com relação à sua qualificação profissional”

Fonte: Gecom/Mútua

Fotos: Gecom/Mútua

Compartilhe essa postagem:

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.