Congresso de Profissionais de Pernambuco recebe palestra do presidente da Mútua

Mesa de condução dos trabalhos do 9º CEP/PE

Mesa de condução dos trabalhos do 9º CEP/PE

Depois de passar por 10 microrregionais e coletar mais de 130 propostas, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (Crea-PE) promoveu, na sexta-feira (17) e no sábado (18), o 9° Congresso Estadual de Profissionais (CEP). O evento foi realizado na Escola Politécnica de Pernambuco (Poli-UPE), com a presença profissionais e estudantes da área tecnológica. Na sexta-feira às 19h foi realizada a abertura solene e, no sábado, o Congresso teve início às 8h, com uma vasta programação ao longo de todo o dia.

Presente à cerimônia de abertura, o diretor-presidente da Mútua, eng. civil Paulo Roberto de Queiroz Guimarães, enfatizou que a Caixa de Assistência além de prestar auxílio aos profissionais, também tem o papel de apoiar os Creas em suas atividades. Paulo Guimarães ainda agradeceu o convite do presidente do Crea-PE, eng. civil Evandro Alencar, para participar do CEP, um “momento ímpar para a categoria”, e elencou algumas das ações que a Mútua pretende adotar em breve.

 Lideranças do Sistema Confea/Crea e Mútua, profissionais e estudantes integraram o público do Congresso


Lideranças do Sistema Confea/Crea e Mútua, profissionais e estudantes integraram o público do Congresso

A ampliação da presença da Mútua na vida dos estudantes, com programas voltados exclusivamente para esse público, foi um dos destaques abordados pelo presidente da Instituição no Congresso pernambucano. Os diretores regionais da Mútua-PE, eng de Pesca Augusto José Nogueira, eng. mec. Judson Alves Galindo e eng civil Marcelo Tabatinga Lopes também acompanharam os trabalhos do CEP.

Na programação da sexta-feira (17) também foi realizada palestra sobre o tema “Grandes Desafios Hídricos de Pernambuco”, ministrada pelo eng. civil Mauro Roberto de Souza Lacerda. No sábado, após a abertura, o coordenador da Comissão Organizadora Regional (COR-PE) do CEP, conselheiro Plínio Sá, fez a apresentação do regimento do CEP e em seguida, houve a apresentação dos eixos temáticos: “Defesa e Fortalecimento da Engenharia e da Agronomia junto à Sociedade”, “Tecnologia e Inovação” e “Carreira e Prerrogativas da Engenharia e da Agronomia”. Por fim, foram montados os grupos de discussão.

O Sistema Confea/Crea e Mútua realiza o Congresso Nacional de Profissionais (CNP) a cada três anos, com o objetivo de aprovar propostas para a valorização e modernização do Sistema e das modalidades profissionais por ele representadas, e no cumprimento do mandato de defesa da sociedade. No Congresso Estadual de Profissionais foram aprovadas as propostas oriundas dos 10 encontros microrregionais, que seguem para sistematização, discussões e votações no Congresso Nacional de Profissionais (CNP) em Foz do Iguaçu, nos dias 2 e 3 de setembro. No CEP também foram eleitos os delegados regionais que representarão e defenderão as propostas dos profissionais de Pernambuco no CNP, em Foz do Iguaçu.

N20_06 CEP PE (1)o último CEP, realizado em 2013, foram destacados assuntos de grande relevância, como a necessidade de maior participação profissional no Sistema e atualização da Lei 5.194/66. Na 8ª edição, foram colhidas 140 propostas, sendo que 20 foram levadas ao CNP, que contou com a participação de aproximadamente dois mil engenheiros, tecnólogos e técnicos.

Fonte: Gecom/Mútua (com informações do Crea-PE)

Fotos: Crea-PE

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.