CAR foi divulgado para grande público na AgroBrasília 2016

Com uma média de 20 participantes por palestra, entre agricultores, servidores públicos, educadores e estudantes, encerrou na sexta, 13/5, a participação do IBRAM na AgroBrasília 2016. Ao todo foram proferidas seis palestras, todas pelos técnicos da Gerência de Cadastro Ambiental Rural (Gecar), tendo como foco principal a importância do CAR para o desenvolvimento sustentável. As palestras aconteceram no auditório Buriti, no espaço Cultural do Sebrae e no Espaço Adasa.

Os temas abordados foram: desenvolvimento sustentável, a preservação dos recursos hídricos. e como o Cadastro Ambiental Rural – CAR pode ser uma ferramenta de consolidação de informações ambientais para uma gestão pública eficiente no meio rural.

De acordo o gerente da Gecar, Alisson Neves, os maiores questionamento dos participantes foram sobre como serão feitos os processos para a recuperação das áreas protegidas degradadas, o que mudou após o dia 05 de maio de 2016, que marcou o final dos prazos para inscrição com benefícios aos médios e grandes imóveis rurais, mas que não fechou o sistema para novos cadastros, entre outros.

Uma das principais dúvidas foi como poderá ser feita a inscrição no CAR. Esta questão foi sanada com a indicação do endereço eletrônico oficial do cadastro (http://www.car.gov.br/)<http://www.car.gov.br/>. Também foi reafirmado que no Distrito Federal o pequeno imóvel rural, com área de até 20 hectares, poderá ser atendido gratuitamente no IBRAM, onde terá um profissional que auxiliará o produtor no momento da inscrição, bastado para isso, agendar o atendimento junto a Gecar, por meio do telefone 3214-5646.

Nas palestras foram destaques ainda o Programa de Regularização Ambiental – PRA e a Cota de Reserva Ambiental – CRA, que são instrumentos da fase chamada "pós-CAR". Estes instrumentos tanto promovem a parceria entre o poder público e o produtor rural, visando à recuperação das áreas protegidas degradadas, como fomenta condições que permitirão ao agricultor, que protegeu vegetação nativa, além dos mínimos estabelecidos na legislação, alternativas de rentabilidade financeira por conta destas matas silvestres preservadas.

Este foi o sexto ano consecutivo que o IBRAM participou da AgroBrasília. Na avaliação dos servidores das Gecar o evento é uma excelente oportunidade para que o instituto se aproxime da população, apresentando os seus serviços, orientando sobre os procedimentos e realizando uma ação de educação ambiental. Com essa participação, também foram estabelecidos novos canais institucionais, fortalecendo o Instituto e iniciando as tratativas para a realização de outras palestras e cursos, visando à divulgação do CAR no Distrito Federal.

 

Fonte: http://www.ibram.df.gov.br/

Compartilhe essa postagem:

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.