Profissionais de Petrolina participam do primeiro encontro microrregional do CEP promovido pelo Crea-PE

Teve início na noite desta quarta-feira (11), na sede da Inspetoria Regional, em Petrolina (PE), o primeiro dos 10 encontros microrregionais do 9° Congresso Estadual de Profissionais de Pernambuco (CEP-PE), que serão realizados pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (Crea-PE), em regiões onde estão instaladas Inspetorias Regionais do Conselho.

Compuseram a mesa do evento o presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (Crea-PE), Evandro Alencar, o diretor Geral da Caixa de Assistência dos Profissionais do Crea em Pernambuco (Mútua-PE), Augusto Nogueira, o coordenador da Comissão Organizadora Regional do CEP (COR-PE), Plínio Sá, o presidente da Associação de Engenheiros e Arquitetos de Petrolina (Assea), Elvis Carlos Militão de Carvalho, e o inspetor Coordenador de Petrolina, Pedro Paulo Ximenes Siqueira.

Na abertura do encontro, o presidente falou da satisfação de abrir os trabalhos do 9º CEP, em Petrolina, e agradeceu a participação de diretores, inspetores, conselheiros, membros da comissão e dos profissionais da Região. “Este é o momento em que somos ouvidos de forma mais efetiva. Confesso que, mesmo sendo um fórum deliberativo, muitas vezes, as propostas não são contempladas. Mas, apesar desse risco, não há momento melhor para fazermos esse trabalho, do que o momento nacional que estamos passando. O que for proposto aqui hoje irá para o encontro estadual e, se aprovado, seguirá para o nacional”, explicou Evandro Alencar.

Em seguida, o presidente do Crea-PE falou também sobre a linha de benefícios da Mútua para projetos de energias renováveis. “O Confea decide, mas, temos que propor. Petrolina não está tendo de nós à atenção que merece. Estamos proibidos de repassar recursos para as entidades”, disse o presidente sobre a decisão judicial que proibiu o repasse dos percentuais das Anotações de Responsabilidade Técnica (ARTs) registradas no Crea às entidades de classe. Falou também sobre o Projeto Terça no Crea e sobre o Projeto O Crea na Estrada, que tem o objetivo de levar para o interior discussões sobre temas de interesse dos profissionais, a exemplo do que já está sendo praticado na sede. “Já temos agendado para os dias 06, 07 e 08 de junho, um evento aqui em Petrolina, onde debateremos questões relativas à água.

O Crea Móvel, que funcionará como uma inspetoria itinerante para atender profissionais dos locais onde não há a representação, também foi abordado por Evandro Alencar. “Estamos fazendo o que falamos na campanha com relação à interiorização das ações do Crea. Tudo com o objetivo de fazer com que o Crea se aproxime mais de vocês. Peço que os profissionais de Agronomia venham para a Assea. Assim, vocês terão acento no plenário do Crea”, disse Evandro Alencar, acrescentando, “Desejo êxito nos trabalhos desta noite e que possamos mostrar que, além de fortes economicamente, podemos também ser fortes atuando no nosso Sistema”, concluiu Evandro Alencar.

Segundo a falar, o diretor Regional da Mútua, Augusto Nogueira, agradeceu a presença de todos e lembrou que foi em Petrolina que foi dado o pontapé inicial da interiorização da Mútua no estado de Pernambuco. “É um grande prazer estar de volta. Desejamos que, para cada profissional registrado no Crea haja também um profissional registrado na Mútua. A Mútua tem a missão de atuar como braço assistencial do Sistema. Estamos acompanhando o Crea neste 9° CEP, com o objetivo de trabalharmos juntos por melhores condições para todos que compõem o Sistema”, concluiu.
Em seguida, o chefe de Gabinete do Crea-PE, Joadson de Souza Santos, apresentou a Estrutura e os Procedimentos do CEP, ressaltando, mais uma vez, que é uma excelente oportunidade para propor mudanças.

Plínio Sá fez uma apresentação sobre a parte operacional do encontro. “Viemos colher propostas dos colegas de Petrolina relacionadas com os eixos temáticos do CEP”, explicou exibindo filmes que trataram de problemas que fazem parte dos eixos temáticos do CEP, como por exemplo, a falta do projeto executivo antes do início das obras.

Após todas as explicações sobre as etapas que compõem o Congresso, teve início a discussão das propostas dos profissionais da Região presentes ao encontro.

Com um público de 25 profissionais, o microrregional de Petrolina reuniu, ao todo, sete propostas. O profissional Alexandre Rodrigues foi indicado delegado regional.

A comitiva do Crea-PE é composta pelo presidente Evandro Alencar, chefe de Gabinete, Joadson de Souza Santos, pelo diretor José Carlos Pacheco, pelos conselheiros e integrantes da COR-PE, Plínio Sá, Waldir Duarte Costa Filho, Nielsen Silva, Augusto Nogueira, Maílson Neto, Francisco Araújo, Marcelo Tabatinga e Leonardo Sales.

Nesta quinta-feira (12), o encontro microrregional acontece na Câmara Municipal de Araripina, a partir das 18h.

 

Fonte: Crea-PE

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.