Oferecendo “Um Olhar sobre a Caatinga”, Exposição alerta sobre a importância da preservação ambiental

O Crea-PI recebe a Exposição até o próximo dia 20 de abril, aberta ao público de 8 às 18 horas.

 

Foi aberta na manhã desta quinta-feira (14), a Expedição “Um Olhar sobre a Caatinga”, que exibe o perfil ecológico da Reserva Particular do Patrimônio Natural SERRA DAS ALMAS (RPPN), situada nos municípios de Crateús, no Ceará, e Buriti dos Montes, no Piauí. O Crea-PI recebe a exposição até o próximo dia 20 de abril, estando aberta ao público de 8 às 18 horas.

Na abertura, o presidente do Crea-PI, Paulo Roberto Ferreira de Oliveira, conheceu detalhadamente o conteúdo disponibilizado e, ao fim, frisou a importância do projeto, já agendando uma visita de representantes do Regional nos campos apresentados na ação.

“Há uma necessidade de ampliar em toda a sociedade uma real consciência ambiental, elevar a conservação de nossas fontes de vida, com o alargamento do conhecimento sobre o ecossistema e a adoção de políticas efetivas de proteção ambiental”, apontou.

O trabalho, gerenciado pela Associação Caatinga RPPN, busca enaltecer esse ecossistema que é o único genuinamente nordestino, e vem sofrendo diversas agressões externas, como a mineração criminosa, o desmatamento e a poluição ambiental. E destaca dentro da ação o projeto de preservação do tatu-bola, que corre perigo de extinção, mas ainda habita em numero razoável em parte do Piauí.

“A escolha por Teresina como sede da Exposição não se deu ao acaso, bem como a escolha do Crea-PI como parceiro nesse momento. Tem o caráter simbólico, de chegar na capital do estado e dizer: ‘queremos ocupar a região com ações’. E desdobramentos práticos, claro, entrar em contato com a sociedade piauiense e conscientizar sobre a riqueza presente no estado. Apenas com conhecimento é possível preserva uma riqueza”, explica o coordenador de Conservação da Associação, Thiago Vieira, responsável pela gerência do projeto de proteção ao tatu-bola.

E nessa luta em defesa da natureza, a exposição mostrará Diversos meios estão sendo usados para contar essa história: livros, álbuns fotográficos, folders, banners, vídeos, mapas, dentre outros, a fim de que o visitante saia com um outro olhar sobre a caatinga.

 

Fonte: Crea-PI

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.