Conselheiros conhecem campanha do Crea-GO contra o Aedes aegypti

Durante a 772ª Sessão Plenária Ordinária do Crea-GO, realizada em 15 de fevereiro, os 38 conselheiros do regional goiano presentes tomaram conhecimento sobre a campanha “Aliste-se! Engenharia declara guerra ao Aedes aegypti”, desenvolvida pelo Crea-GO em parceria com a Associação das Empresas do Mercado Imobiliário de Goiás (Ademi-GO), Associação Goiana das Empresas de Engenharia (AGE), Sindicato dos Condomínios e Imobiliárias de Goiás (Secovi Goiás), Sindicato da Indústria da Construção no Estado de Goiás (Sinduscon-GO), Sindicato dos Engenheiros no Estado de Goiás (Senge-GO), Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO) e Prefeitura de Goiânia.

Como explicou o coordenador de Publicidade e TV Crea, o publicitário Alysson Pierre, aos conselheiros, a campanha, com linguagem simples e direta, tem caráter educativo e conta com diversas ações de conscientização e fiscalização sobre a responsabilidade dos profissionais registrados sobre possíveis criadouros do Aedes aegypti. A campanha buscará esclarecer que, além do registro da Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) da obra/serviço, os profissionais devem se ater a questões como a destinação de resíduos sólidos (entulho) e conduta profissional, também fiscalizadas pelo Conselho.

Para isso, o Crea-GO trabalhará a campanha por meio da produção e distribuição de cerca de 30 mil cartilhas e fixação de aproximadamente 30 mil cartazes nas obras e condomínios com orientações para a prevenção do acúmulo de água; divulgação nas redes sociais; divulgação por meio do boletim eletrônico do Crea-GO, produção de cerca de 25 mil selos de obra com a marca da campanha, etc. “Todo o trabalho foi desenvolvido em parceria com os Departamentos Técnico e de Fiscalização do Conselho”, explicou Pierre. O publicitário ainda destacou que as ações irão para além da comunicação.

De acordo com o presidente Francisco Almeida, responsáveis técnicos de Goiânia serão convidados ao lançamento da campanha, para que sejam orientados. “Eles [os responsáveis técnicos] não vão trabalhar apenas na questão da qualidade da obra. Nós queremos que eles se atentem também às questões sociais e ambientais. Nós vamos ampliar suas funções”, ressaltou Francisco. O presidente ainda adiantou que a campanha também será levada para o interior do estado de Goiás, por meio das inspetorias.

Para o conselheiro Eng. Agr., Civ. e Seg. Trab. José Augusto de Toledo Filho, “a questão da conscientização do profissional é importantíssima, porque, infelizmente, é comum que o profissional transfira parte da sua reponsabilidade social para outros. E é essencial que ele assuma essa responsabilidade, especialmente em um momento como esse.”

Campanha de doação de sangue – Ainda durante a 772ª Sessão Plenária, os conselheiros conheceram os resultados da campanha “Doe sangue: renove a vida”, desenvolvida pelo Crea-GO, por meio de sua Coordenadoria de Cerimonial, Cursos e Eventos, em parceria com o Hemocentro e a Secretaria Estadual de Saúde de Goiás, no dia 2 de fevereiro.

O superintendente do Crea-GO, Helder Borges, apresentou os resultados da campanha, que arrecadou 41 bolsas de sangue em um único dia e foi considerada um sucesso. Na oportunidade, Helder ainda destacou que o Hemocentro quer repetir a parceria e ir além: “querem apresentar ao Crea-GO uma proposta de campanha para doação de medula óssea”. A nova parceria com o banco de sangue deve ser colocada em prática ainda neste ano.

Plenário aprova
Durante a 772ª Sessão Plenária Ordinária do Crea-GO, realizada no dia 15 de fevereiro, com a presença de 38 conselheiros do Regional, decidiu-se pelo seguinte:

·         A proposta de delegação de competências ao Departamento Técnico do Conselho, de maneira a simplificar e dar celeridade aos processos também foi aprovada;

·         Foi aprovada, também, a solicitação de desligamento do conselheiro Eng. Civ. Caio Antônio de Gusmão da função de suplente da Comissão de Licitações do Crea-GO, assim como a indicação do conselheiro Eng. Quím. Soren Richardt Kall para o cargo;

·         A revogação da Decisão Plenária 390/2015, que trata da criação do Grupo de Trabalho para estudo da situação e preservação da Bacia do Ribeirão João Leite, alterando sua constituição, coordenação e o prazo para conclusão dos trabalhos, também foi aprovada.

 

Fonte: Crea-GO

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.