Dilma anuncia corte de 1 milhão de contratações no MCMV 3

Meta de contratações até 2018 passará de 3 milhões para cerca de 2 milhões de unidades, segundo a presidente

 

A meta de contratações da terceira etapa do Minha Casa Minha Vida foi reduzida de 3 milhões para cerca de 2 milhões de unidades até 2018, segundo citou a presidente Dilma Rousseff em discurso realizado na quarta-feira (3/2), durante entrega de unidades do programa habitacional na cidade de Indaiatuba (SP).
"Nós tivemos de rever os valores, nós também passamos por dificuldades, o Brasil passa por dificuldades. Nós estamos calculando que iremos fazer em torno de 2 milhões a mais de moradias até 2018. Então, quando fechar esse período, nós vamos ter chegado a quase 6 milhões de moradias (contratadas)", afirmou a presidente na ocasião.
Dilma sinalizou que a meta de contratações deve ser definida, de fato, no próximo mês. "Nós, no início de março, estamos fechando o Programa Minha Casa Minha Vida 3", disse.
Procurado pela revista Construção Mercado, o Ministério das Cidades não confirmou a meta anunciada antes, nem a revisão citada pela presidente. A pasta informou por e-mail que "a fase 3 do Programa Minha Casa Minha Vida está sendo discutida pelo Governo Federal e ainda não há qualquer definição quanto à quantidade de imóveis que serão contratadas nesta fase em todas as suas faixas." Até o fim de 2015, o programa Minha Casa Minha Vida contava com 4 milhões de unidades contratadas, sendo 2,5 milhões entregues e 1,5 milhão em obras.
A meta de contratação de 3 milhões de unidades foi amplamente divulgada pelo Governo Federal em 2014, durante o período de campanha eleitoral. Na prática, porém, o lançamento da terceira etapa do programa foi adiada sucessivas vezes devido aos cortes de gastos públicos, à demora para definição dos valores dos novos imóveis e aos atrasos nos pagamentos para as construtoras referentes às obras que já estavam em andamento.

 

Fonte: http://construcaomercado.pini.com.br/

Compartilhe essa postagem:

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.