Quarta Revolução Industrial: Automação poderá substituir 5 milhões de empregos até 2020

O Fórum Econômico Mundial publicou uma nova pesquisa “O futuro dos empregos“, e de acordo com o estudo, a automação irá substituir mais de 5 milhões de empregos nos próximos cinco anos. Os crescentes avanços tecnológicos devem cortar cerca de 7,1 milhões de postos de trabalho e deve criar 2 milhões de empregos. Portanto, o défice será de 5,1 milhões de postos de trabalho.

A pesquisa foi realizada em 15 países, incluindo China, França, Alemanha, Japão, México, Brasil, Reino Unido e EUA, que respondem por 65% da força de trabalho global – num total de 1,9 bilhão de trabalhadores. Klaus Schwab do Fórum Econômico Mundia chama esse avanço tecnológico  de a “IV Revolução Industrial”.

“A Quarta Revolução Industrial, que inclui os desenvolvimentos em domínios anteriormente desarticuladas, como a inteligência artificial e de aprendizagem de máquina, robótica, nanotecnologia, a impressão 3D, e da genética e da biotecnologia, irá causar perturbações generalizadas, não só para modelos de negócios, mas também para os mercados de trabalho ao longo dos próximos cinco anos, com uma enorme mudança prevista nos conjuntos de habilidades necessárias para prosperar no novo cenário “, afirma o relatório.

Ainda de acordo com o estudo, os trabalhadores de colarinho branco – empregos gerenciais e de escritório – são os que sofrerão o maior impacto em termos de emprego perdido ao longo dos próximos cinco anos, seguido pelo setor de fabricação e produção.

A pesquisa alerta que enquanto a automação vai afetar todas as indústrias em todas as regiões geográficas, as perdas de emprego pode ser compensada pelo crescimento do emprego em outras áreas.

Confira o infográfico abaixo:

 

Fonte: http://engenhariae.com.br/

Compartilhe essa postagem:

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.