Ampla programação marcará os 80 anos do Crea-CE

 

Criado em 17 de janeiro de 1936, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Ceará (Crea-CE) chega neste mês aos seus 80 anos de existência. A solenidade alusiva ao aniversário da autarquia federal acontece no dia 21 de janeiro, a partir das 19h30min, no auditório Waldyr Diogo, da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec).


Na cerimônia, que assinala a trajetória de oito décadas de desafios e conquistas da autarquia federal, destacam-se o lançamento do Livro 80 Anos do Crea-CE, a outorga da Medalha Jorge Cordeiro e a entrega do Troféu Crea-CE 2015. A data será marcada, ainda, pela instalação da Academia Cearense de Engenharia (ACE), e posse de seus integrantes. O presidente do Crea-CE, engenheiro civil Victor Frota Pinto, será o presidente de honra da academia, que terá como patrono o marechal-do-ar Casimiro Montenegro Filho.


O Troféu Crea-CE 2015 homenageará o governador do estado do Ceará, engenheiro-agrônomo Camilo Sobreira de Santana, engenheiro eletricista Jurandir Marães Picanço Junior, engenheiro civil Hugo Alcântara Mota, engenheiro civil José Carneiro de Andrade e engenheiro civil Fernando Borges Moreira Monteiro. 

A noite inclui, ainda, a homenagem que o Crea-CE prestará ao presidente do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia, eng. civil José Tadeu da Silva, ao presidente da Caixa de Assistência dos Profissionais do Sistema (Mútua), Paulo  Roberto de Queiroz Guimarães, Sistema Fiec, ao Clube de Engenharia do Ceará (CEC), à Construtora Waldyr Diogo, à Construtora BETA S/A, ao engenheiro civil José Osvaldo Pontes, engenheiro-agrônomo, Ary Gadelha de Alencar Araripe, engenheira civil Fernanda Ester Teixeira Lima e engenheira-agrônoma, Maria Vilalba Alves de Macedo.

Marco na Engenharia

O Crea-CE foi fundado após pouco mais de dois anos da regulamentação da engenharia no Brasil, através do decreto presidencial 23.569 de 11 de dezembro de 1933, por iniciativa de um grupo de líderes engenheiros, o mesmo que instituiu, em 27 de fevereiro de 1934, o Clube de Engenharia do Ceará (CEC), entidade predecessora do conselho cearense.

Intitulado, primeiramente, como Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia, pertenceu, a princípio, a 2ª Região (área de abrangência do Sistema Confea/Crea), tendo passado, depois, a sediar a 9ª Região. Por meio de resolução do Confea, então denominado Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia, a autarquia foi criada em 17 de janeiro de 1936. Após a federalização do Sistema Confea/Crea, o conselho regional passou a ter jurisdição apenas no estado do Ceará.

Novas denominações 

Em dezembro de 2010, por força de lei federal, a modalidade de arquitetura deixou de integrar o sistema, após 77 anos de participação. Em consequência, o Crea-CE recebeu a nova denominação de Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Ceará, enquanto o Confea recebeu o nome de Conselho Federal de Engenharia e Agronomia.
Em oito décadas, o Crea teve 22 presidentes, tendo sido seu primeiro presidente o engenheiro civil Antônio Urbano de Almeida, da gestão 1936-1939. O dirigente atual, Victor Frota Pinto, está em seu segundo mandato, tendo sido reeleito com mais 60% dos votos em 19 de novembro de 2014. 

O primeiro prédio que sediou o conselho cearense está situado na Avenida Imperador, nº 396 – Centro, e o segundo prédio que também sediou a autarquia, está localizado na Rua Paula Rodrigues, n° 304 – Bairro de Fátima, onde funciona, atualmente, o anexo da Polícia Federal. Somente em março de 2008, a atual sede, localizada na Rua Castro e Silva,  81, foi inaugurada, concretizando o projeto da então diretoria da autarquia de contribuir para a recuperação do centro histórico de Fortaleza.

Descentralização e modernidade


Nos últimos anos, o Crea-CE tem buscado ampliar sua área de atuação e aproximar o conselho da sociedade. Para isso, instalou, nas duas gestões do atual presidente Victor Frota Pinto, mais oito inspetorias em todo estado. Hoje, o conselho conta com 16 inspetorias, um Posto de Atendimento no Eusébio e um Posto Avançado do Crea-CE no Departamento de Estradas e Rodovias (DER), no bairro da Maraponga, na capital.

A melhoria nos seus serviços de informatização tem sido outra prioridade da atual gestão. Com isso, foi implantado, neste ano, um novo sistema que substituiu o CreaDigital, o Sistema de Informações Técnicas e Administrativas do Crea (Sitac), com o fim de facilitar o atendimento ao público e ampliar o acesso de pessoas físicas e jurídicas registradas no conselho, aperfeiçoando, assim, a qualidade de relacionamento entre a autarquia e os profissionais.

Por esses e muitos outros motivos, os festejos de 80 anos do Crea-CE são motivos de júbilo para todos que integram a autarquia, lembra o presidente do conselho. Explica, ainda, que para o evento programado na Fiec estão convidadas as lideranças do Sistema Profissional Confea/Crea, autoridades ligadas à área tecnológica do estado e a diretoria da autarquia, além dos dirigentes de entidades, conselheiros, profissionais registrados, servidores e colaboradores. 

 

Fonte: Crea-CE
 

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.