Parceria entre Crea-PE, Itep, Ipeape e FPF permite avaliações técnicas nos estádios de futebol

A partir do dia 15 de fevereiro, uma equipe formada pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (Crea-PE), o Instituto Pernambucano de Avaliação e Perícia (Ipeape), o Instituto de Tecnologia de Pernambuco (Itep) e a Federação Pernambucana de Futebol (FPF) irão iniciar as avaliações técnicas nos estádios de Pernambuco.  A data foi estabelecida em reunião nesta segunda-feira (11).

O encontro contou com a presença do presidente do Ipeape, Sylvio Romero, do assessor do Crea-PE, Cristiano Silva, da chefe do setor de Convênios do Crea-PE, Daniele Castro, o presidente do Itep, Geraldo França, da gerente comercial do Itep, Nara Aguiar, e do presidente da FPF, Evandro Carvalho.  A FPF tem um histórico de avaliação nos estádios, realizados através de vistorias permanentes, porém essa comissão formada por representantes dos institutos e do Conselho será para dar um suporte maior a todo o trabalho realizado pela entidade.

O presidente do Itep, Geraldo França, falou sobre a importância da formação da comissão para as vistorias nos estádios. “É extremamente importante porque um bom futebol se inicia por um bom estádio, um estádio seguro. Então, o que o presidente Evandro está pretendendo é que haja um trabalho conjunto do Ipeape, do Crea e do Itep, de modo que a gente consiga saber o que é que está ocorrendo, o que existe de necessidade para a melhoria da estrutura de cada um dos estádios de Pernambuco, como também de seus gramados. Isto quer dizer que uma parte fundamental do futebol, o palco, ele será bem tratado”, disse.

O assessor do Crea, Cristiano Silva, reiterou a importância dessas fiscalizações este ano nos estádios. “O Crea tem um papel social muito grande, além também de articular com as empresas, com o Itep e com o Ipeape para fiscalização conjunta dos estádios. A grande questão é a manutenção periódica, a gente está sempre trabalhando a questão da periodicidade das reformas e a manutenção dos estádios para manter a segurança que é muito importante para o setor e criar novos horizontes com novas tecnologias e alternativas com o reuso da água e energias renováveis para criar economia e trabalhar também na questão da sustentabilidade dos estádios”, informou.

Para a chefe do setor de Convênio, Daniele Castro, esta ação só pode ser viabilizada através da parceria entre os órgãos. “Ao longo do ano, vamos fazer diversas parcerias e convênios. Tudo para defender os interesses dos profissionais e proteger a sociedade”, explica.

Fonte: Crea-PE

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.