Mútua-PA apoia solenidade de premiação do Engenheiro do Ano

 


Evento homenageia a trajetória de profissionais da engenharia nacional

Criado como forma de homenagear estudantes e profissionais da Engenharia, o prêmio Engenheiro do Ano, destaca há 96 anos aqueles que se destacam pela trajetória na Engenharia nacional. A homenagem é promovida pelo Clube de Engenharia do Pará, que este ano, pela primeira vez na história do evento, escolheu um engenheiro agrônomo como destaque.

No último dia 9, o presidente do Instituto de Terras do Pará (Iterpa), Daniel Lopes, foi escolhido para receber o 37º Prêmio Engenheiro do Ano. Além da formação em Agronomia, Daniel Lopes também tem mestrado em Manejo e Conservação dos Solos, ocupando ao longo de sua carreira outros importantes cargos, nas esferas tanto estadual como nacional, dentre eles, o de secretário de Estado de Agricultura.

À frente do Iterpa, Daniel Lopes vem desempenhando um trabalho elogiado, implementando novas tecnologias para fazer avançar a regularização de terras no estado do Pará. Em destaque também está sua atuação em importantes órgãos do setor agropecuário, que, por meio de políticas públicas, fizeram avanços em prol do pequeno produtor rural.

A Mútua-PA apoiou esse tradicional evento e prestigiou a solenidade, com a presença dos diretores Ana Maria Pereira de Faria (diretora-geral) e Gilmário da Silva Drago (diretor administrativo), que também é presidente do Clube de Engenharia do Pará.


Diretoria da Mútua-PA prestigiou a solenidade e os homenageados

Durante a solenidade de entrega da comenda, também foram homenageados outros profissionais, como o engenheiro civil André Montenegro Duarte, com o 30º prêmio Destaque Científico, e o doutor em Engenharia Elétrica Edson Ortiz de Matos, membro do Crea-PA, escolhido com 24ª prêmio Velho Mestre.

 

Fonte: Gecom/Mútua com informações da Mútua-PA

Fotos: Clube de Engenharia do Pará

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.