Coordenadoria Nacional de Agrimensura analisa, em reunião na Mútua, trabalhos do exercício de 2015


O presidente da Mútua parabenizou a CCEEAGRI pelo trabalho

A Coordenadoria de Câmaras Especializadas de Engenharia de Agrimensura (CCEEAGRI) iniciou nessa segunda-feira (23) sua reunião extraordinária, com a participação dos coordenadores, coordenadores adjuntos de câmaras e representantes de plenário dos conselhos regionais. A reunião, que acontece no auditório da Mútua, em Brasília (DF), é coordenada pelo eng. agrim. Francisco de Sales Vieira de Carvalho, e segue até a próxima quarta-feira (25).

Na programação, temas como valorização profissional, certificação e titulação de imóveis rurais e prestação de serviços com Veículo Aéreo Não-Tripulado (Vant). Segundo o coordenador, a pauta, que contempla 15 itens, irá concluir todo o plano de metas estabelecido no início do ano.

Presidente da Mútua prestigia reunião

O presidente da Mútua, eng. civ. Paulo Guimarães, que esteve na reunião na manhã desta terça-feira, segundo dia de debates, reforçou a parceria da Instituição com as entidades de classe e com todos os fóruns do Sistema, enfatizando que a Mútua está à disposição desses colegiados. Além disso, Paulo Guimarães comentou que a Diretoria Executiva da Mútua está empenhada em cada vez mais cumprir o papel social da Instituição, citando que já está em análise propostas e estudos de novos projetos. “Vamos levar para os profissionais aquilo que está na lei de criação da Mútua, como bolsas de estudos para filhos dos mutualistas carentes e para estudantes carentes da área tecnológica”, indicou o presidente da Mútua.


Paulo Guimarães ainda salientou que a Mútua está à disposição dos diveros fóruns do Sistema Confea/Crea

Balanço dos trabalhos

Para o último dia do encontro, está prevista agenda dedicada ao encerramento dos trabalhos desenvolvidos pela coordenadoria em 2015. Será consolidado o balanço das atividades e votadas as últimas propostas, que posteriormente serão tramitadas no Confea e levadas à apreciação do plenário federal.

Sobre as propostas, o coordenador nacional adianta que a expectativa é de que a CCEEAGRI feche o ano com 40 proposições. “Até o momento aprovamos 32 iniciativas, com destaque para a que visa garantir que o plenário do Confea sempre tenha a representatividade de todas as modalidades profissionais afetas ao Sistema. Assim, iremos democratizar a participação dos representantes da agrimensura, que terão mais espaço para debater os assuntos de interesse da área”, explica o coordenador nacional.

Outra iniciativa apresentada neste ano pela coordenadoria propõe a criação do Colégio de Coordenadores Nacionais de Câmaras Especializadas. “Com esse fórum, espera-se que os titulares tenham mais oportunidade para debater assuntos coletivos e relacionados a todas as coordenadorias”, comenta Sales. Essa propositura já tramita no Confea e atualmente está na Comissão de Ética e Exercício Profissional (Ceep) para análise e deliberação.    

 

Fonte: Gecom/Mútua (com informações do Confea)

Fotos: Alline Abreu (Gecom/Mútua)

 

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.