No Dia do Nordestino, Mútua-AL recepciona 8ª Reunião das Caixas Nordeste


Presdente da Mútua, Paulo Guimarães, na abertura da reunião. À esq.: Julio Fialkoski, Cláudio Calheiros, Fernando Dacal e Gerson Taguatinga. João Bosco e Jorge Silveira, à dir. 

Nesta quinta-feira (8 de outubro), data em que é comemorado o Dia do Nordestino, a Mútua-AL recepciona, em Maceió, a 8ª Reunião das Caixas Nordeste, encontro que conta com a presença dos diretores regionais de AL, BA, CE, MA, PB, PE, PI, RN e SE, além dos diretores executivos da Mútua Nacional. Com programação de dois dias, seguindo até amanhã (9), a pauta de discussão abrange diversos itens, como ações de redução da inadimplência e procedimentos de cobrança, convênios de divulgação, contratações, entre outros.

Abertura


Grupo Fandango do Pontal

Com uma apresentação do grupo regional Fandango do Pontal, a reunião foi aberta pelo coordenador das Caixas Nordeste, o diretor-geral da Mútua-SE, João Bosco de Andrade Lima Filho. Ao seu lado na mesa principal de abertura, também estiveram os diretores executivos, Paulo Roberto de Queiroz Guimarães (diretor-presidente), Jorge Roberto da Silveira (diretor de Benefícios), Gerson de Almeida Taguatinga (diretor financeiro), Julio Fialkoski, o presidente do Crea-AL, Fernando Dacal, e o diretor-presidente do PrevMútua e ex-presidente da Mútua, Cláudio Calheiros. O presidente do Crea-PE, que está em Alagoas para reunião dos Creas Nordeste, Evandro Alencar, e o superintendente da Secretaria de Estado da Cultura de Alagoas, Edlúcio Donato, também prestigiaram a solenidade.

Reforçando a importância das reuniões regionais, o presidente da Mútua agradeceu a presença de todos e salientou: “A Mútua é um desafio e um crescer constante”, ao destacar que a condução dos trabalhos na Instituição necessita da participação e empenho de todos. Paulo Guimarães, enaltecendo a presença dos dois presidentes de Creas, ainda ressaltou que esforços conjuntos são fundamentais para o alcance dos avanços que o Sistema Confea/Crea e Mútua demanda.

O coordenador das Caixas Nordeste, João Bosco, também agradeceu a presença dos diretores dos nove estados da Região e dos diretores executivos e disse que as tratativas dos dois dias de reunião condensam os anseios e projetos das Caixas, sendo muito importantes para a sequência dos trabalhos e a melhoria constante no atendimento aos profissionais.

Como primeira reunião da nova Diretoria Executiva da Mútua com o grupo do Nordeste, os diretores aproveitaram para ressaltar a importância da participação de todos e ainda falaram do trabalho que será desenvolvido no triênio. “Estamos aqui para ouvir mais do que falar. Isso foi feito na reunião das Caixas Sudeste e já estão sendo resolvidas diversas questões pontuadas na ocasião. Com relação aos benefícios, adianto que já estão em estudo novos projetos e, até o final do ano, apresentaremos boas novidades aos senhores”, apontou o diretor de Benefícios, Jorge Silveira. O diretor financeiro, Gerson Taguatinga, também esclareceu que a Direx já traçou algumas metas e declarou ser “uma pessoa de realizações”, reafirmando sua postura de inovação e avanços. A constante interação e cooperação entre todos os diretores da Mútua foi defendida pelo diretor administrativo, Julio Fialkoski, que avaliou: “Nos próximos três anos vamos ter bastante contato, principalmente pelo fato de estar na Diretoria Administrativa, área que trata das questões de pessoal e patrimônio, pontos que atingem todos nós”, disse ele.

Anfitriões

Fábio Loureiro, diretor-geral da Mútua-AL e anfitrião do evento, falou da satisfação em receber a delegação da Mútua Nordeste e os diretores executivos e agradeceu o apoio da Secretaria de Cultura e do Crea-AL na realização do evento. O coordenador-adjunto das Caixas Nordeste e diretor administrativo da Mútua-AL, Aloísio Ferreira de Souza, também deu boas-vindas aos presentes e pediu atenção aos avanços políticos que são importantes para o aperfeiçoamento do Sistema Confea/Crea e Mútua.  Da mesma forma, Dacal, presidente do Crea-AL, ensejou que todos sintam-se em casa e reafirmou total apoio à Mútua. Também alagoano, Cláudio Calheiros, diretor-presidente do PrevMútua, afirmou ser um prazer rever os diretores da Mútua. “Muito bom tê-los aqui em Maceió, considero vocês como amigos”, declarou Calheiros. Ele ainda falou do convênio firmado entre a Mútua-AL e o Crea-AL com a TV Maceió para divulgação do Sistema. “É um excelente mecanismo de divulgação da Mútua. Espero que em outros estados esse tipo de parceria possa também ser efetivada”, almejou. O veículo de comunicação está realizando cobertura jornalística da reunião. 


Fabio Augusto Vasconcelos Loureiro e Aloisio Ferreira de Souza: anfitriões


Edlúcio Donato, da Secretaria de Cultura

Benefício energia renovável

O novo benefício da Mútua, energia renovável, foi citado durante a abertura da reunião pelo presidente do Crea-PE, Evandro Alencar, ao comentar que a proposta de criação do produto nasceu no Crea-PE. “Esse é um benefício que abre portas para uma ampla divulgação da Mútua e mostra para os profissionais o papel da Instituição e como ela pode auxiliá-los”, ponderou. Evandro ainda falou sobre a importância de ações em defesa da ART e estimou uma excelente reunião ao grupo.


Evandro Alencar, presidente do Crea-PE (segundo a partir da esq.), com os diretores da Mútua-PE, Augusto Jose Nogueira, Judson Alves Galindo e Marcelo Tabatinga Lopes


Mútua-PI: Lucio Vieira de Brito, Raimundo Ulisses de Oliveira Filho e Walterwilson Carvalho Leite


Gerardo Santos Filho, Sergio Araujo Chaves da Cunha e Vicente de Paulo Melo Lima


Da Mútua-RN: Jerônimo Andrade, Elequicina Maria dos Santos e José Edgar Gomes Junior


João de Deus Barros e Ronaldo Fernandes de Lavor, da Mútua-PB


Da Mútua-BA: Marcos de Souza Dantas, Joseval Costa Carqueija e Rubem Barros de Mendonca


Da Mútua-SE: João Pinto Fontes e José Raimundo Dias da Silva

 

Fonte: Acme/Mútua

Fotos: Alline Abreu (Acme/Mútua)                              

 

 

 

 

 

 

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.