Regionais da Mútua apresentam propostas na reunião das Caixas Sudeste


Diretores executivos e regionais discutem propostas de melhorias

A programação da tarde dessa segunda-feira (28) na 8ª Reunião das Caixas Sudeste com a Diretoria Executiva da Mútua, promovida no Rio de Janeiro, foi cumprida com a apresentação das propostas das Caixas ES, RJ e MG. Os projetos da Caixa SP são tratados neste segundo dia da reunião, além da explanação da Diretoria de Benefícios.

Entre as proposituras das Regionais da Mútua elencadas no encontro, sobressaem as ações para redução da inadimplência, para aumento da associatividade, de cortes da burocratização e para conferir mais autonomia às Caixas.

Caixa ES


Douglas Muniz, Marco Brunetti e Portugal Salles

“Apresentamos seis propostas, sendo quatro de cunho social e de geração de renda aos associados, levando em consideração os profissionais recém-formados”, indicou o diretor-geral da Mútua-ES, eng. agr. Douglas Muniz Lyra, coordenador das Caixas Sudeste. O diretor financeiro da Caixa capixaba, eng. civ. Marco Aurélio Ribeiro Brunetti, falou sobre os próximos passos da tramitação das propostas: “A expectativa é que nossas propostas tenham êxito ao serem deliberadas por essa nova Diretoria Executiva”.  Tendo realizado a exposição dos projetos da Diretoria Regional do ES, o diretor administrativo téc. em Eletrotec. Portugal Sampaio Salles, destaca a receptividade que contribuições da Caixa tiveram perante o quórum da reunião: “Ao realizar a exposição das propostas da Mútua-ES senti que elas foram bem recebidas, tendo em vista as manifestações dos demais diretores das Caixas Sudeste, dos diretores executivos da Mútua e dos gestores da Instituição”.

Caixa RJ


Paulo Granja, Fernando Moreira e Antonio Carlos Pereira

“Vemos que todos estão com grande disposição e empenho para fazer a Mútua crescer ainda mais. Na reunião tratamos de temas muito relevantes e já vemos novidades para nossos associados, como novos benefícios e a ampliação da divulgação da Mútua, chegando aos estudantes”, assinalou o diretor-geral da Caixa RJ, eng. civ. Paulo César Nayfeld Granja.  Com avaliação positiva, o diretor financeiro da Caixa-RJ, eng. eletric. Fernando Moreira Tavares da Silva, defende a realização de encontros como este que ocorre na capital carioca. “Essas reuniões têm que existir, pois são nesses momentos que passamos a conhecer o pensamento de cada Regional e, também, da Instituição a nível nacional”, afirmou. Ele ainda ressaltou os temas PrevMútua e planos de saúde como as principais demandas. “Indo de encontro ao ideal da Mútua de aumento expressivo de associados, a criação de um plano de saúde próprio dos profissionais é um importante projeto”, sublinhou Fernando. Para o diretor administrativo da Caixa, eng. eletric. Antonio Carlos Soares Pereira, as proposições apresentadas nestes dois dias podem ser aplicadas em âmbito nacional. “As propostas da Caixa RJ, apesar de saírem aqui do nosso Estado, são a nível nacional, elas são propostas para a Mútua. Então, são propostas para o Brasil”, afirmou.

Caixa MG


Maurício da Costa, Otávio Dutra e Augusto Pirassinunga
 

A Regional da Mútua de MG levou para discussão algumas propostas e demandas apresentadas anteriormente, que ainda não foram definidas, e apresentou um projeto piloto de administração de planos de saúde. “Nossa expectativa é que projetos que já havíamos expostos ao grupo e à Diretoria Executiva da Mútua sejam analisados e aprovados. Diversas ações que a Caixa MG tem pretensão de realizar estão vinculadas a essas propostas. A meta é que ao final da nossa gestão a Mútua-MG passe de 7.800 sócios contribuintes para 20 mil”, relata o diretor-geral da Caixa mineira, eng. civ. Maurício Fernandes da Costa. Como a nova diretoria executiva da Mútua tem reforçado o empenho em integrar ainda mais as Caixas, os diretores regionais também têm mostrado interesse em agregar ao plano de trabalho da Direx. “Essa é a primeira reunião das Caixas Sudeste com a nova Diretoria Executiva da Mútua. Vemos condições de colocar nossas propostas em prática, tendo em vista que os novos dirigentes têm nos conferido abertura para críticas e sugestões”, apontou o diretor financeiro, téc. em Eletrotec. Otávio Dutra Pereira Filho. Para o diretor administrativo, eng. eletric. Augusto Cesar Santiago e Silva Pirassinunga, o entrosamento existente entre os três diretores da Regional de Minas é um fator que auxilia na gestão da unidade da Mútua no estado. “Nossa Caixa tem uma única voz. Todas as propostas são discutidas e consentidas através do diálogo”, ressalta ele, citando ainda outro tema que a Regional trouxe para discussão na 8ª Reunião das Caixas Sudeste: convênios da Mútua com os Creas e entidades de classe.

 

Fonte: Acme/Mútua

Fotos: Alline Abreu (Acme/Mútua)

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.