Diretores executivos e regionais da Mútua constroem plano de trabalho do triênio


Nova Diretoria Executiva da Mútua: Jorge Silveira, Julio Fialkoski, Marcelo Morais, Paulo Guimarães e Gerson Taguatinga

Em paralelo à programação da 72ª Semana Oficial da Engenharia e da Agronomia (Soea), realizada em Fortaleza (CE) até sexta-feira (18), os diretores executivos e regionais da Mútua cumprem agenda própria de atividades na capital cearense.

Na tarde dessa quarta-feira (16), os diretores gerais, administrativos e financeiros das Regionais da Mútua, dos 27 estados, estiveram em reunião com os diretores executivos da Instituição, recém-empossados nos cargos.

Com início da atual gestão da Mútua Sede no último dia 25 de agosto, os cinco diretores executivos, eng. civ. Paulo Roberto de Queiroz Guimarães (diretor-presidente) eng. civ. Jorge Roberto da Silveira (diretor de Benefícios), Gerson de Almeida Taguatinga (diretor financeiro), eng. civ., mec. e de Seg. do Trab. Julio Fialkoski (diretor administrativo) e eng. civ. Marcelo Gonçalves Nunes de Oliveira Morais (diretor de Tecnologia da Informação), estão em fase de formatação do plano de trabalho do triênio 2015-2018. Prezando por uma gestão participação e inclusiva, os novos diretores da Caixa de Assistência convocaram essa primeira reunião com os diretores das Caixas com vistas a construir um plano de trabalho conjunto, envolvendo propostas das diversas regiões do País.

Novos benefícios e previdência complementar

Abrindo os trabalhos do encontro, foram promovidas duas palestras dirigidas aos diretores regionais. A primeira teve como foco a exposição das principais características dos novos benefícios reembolsáveis da Mútua, que estão em fase de operacionalização para inclusão das novas linhas no sistema de análise e concessão dos benefícios. Em um segundo momento, os temas previdência complementar e criação do PrevMútua foram abordados.

“Vamos consolidar nossos projetos da candidatura e incorporar propostas de vocês, diretores regionais, para o triênio. Estamos à disposição”, enfatizou o presidente da Mútua, Paulo Guimarães.

Jorge Silveira destacou suas experiências no Sistema, ponderando que utilizará esse histórico de gestão em seu mandato na Mútua. “Em reunião com a equipe da Gerência de Benefícios, já discutimos algumas propostas que estão em análise. Como foi dito ontem durante a abertura da Soea pelo Paulo Guimarães, a meta dessa Diretoria é colocar em prática aquilo que está na legislação de criação da Mútua que ainda não é oferecido aos profissionais”, afirmou o diretor de Benefícios.

“Seriedade e transparência!”. Reforçou o diretor financeiro, Gerson Taguatinga, ao definir o perfil de trabalho que caracterizará os três anos de gestão na Mútua. “Quem me conhece sabe como sou intransigente com questões de interesse coletivo”, lembrou.

Como uma Instituição nacional, a Mútua atua junto aos associados de todos os estados e, cada vez mais, quer estar próxima aos profissionais do interior. Neste sentido, Marcelo Morais, ao se apresentar aos diretores regionais, falou de sua naturalidade – Teresina (PI) -, e também que seus pais são de outros estados, o que para o diretor administrativo representa que ele é de todo o Brasil. “Estou à disposição das Regionais da Mútua e quero ouvir o que vocês, diretores regionais, têm a dizer”, ponderou.

“Conheço a posição dos senhores, fui conselheiro do Crea-SC, conselheiro federal e presidente de entidade. Espero atender bem todos os senhores e também ajudar para que a Mútua cresça mais, sempre com respeito, transparência e honestidade”, frisou o diretor administrativo Julio Fialkoski.

Os coordenadores de Caixas, das cinco regiões, se reuniram com os demais diretores regionais para definir os principais projetos e demandas específicas de cada grupo. Tais propostas serão analisadas pela Direx da Mútua para verificação da viabilidade de inclusão no plano de trabalho do triênio.

VEJA MAIS FOTOS DA REUNIÃO

Fonte: Acme/Mútua

Fotos: Flávio Mottola (Acme/Mútua)

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.