Parceria entre Mútua e ENAPS viabiliza curso sobre Entidades Fechadas de Previdência Complementar


Diretores da Mútua e demais participantes acompanham explanação da diretora-presidente do FUNPRESP-JUD, Elaine de Oliveira Castro

Especialistas em previdência complementar do Ministério de Previdência Social, da Superintendência Nacional de Previdência Complementar (PREVIC) e das Fundações de Previdência Complementar dos Servidores Públicos Federais (FUNPRESP-JUD e FUNPRESP-EXE) compõem a relação de convidados palestrantes do I Curso de Formação de Dirigentes de Entidades Fechadas de Previdência Complementar, realizado na Sede da Mútua, em Brasília (DF), de hoje (22) até sexta-feira. O curso é uma parceria da Mútua com a Escola Nacional de Previdência Complementar e Saúde (ENAPS).

A análise do cenário atual, os desafios e as novas perspectivas com relação à previdência complementar foi o tema abordado no primeiro painel do evento, com explanação proferida pelo secretário adjunto da Secretaria de Políticas de Previdência Complementar do Ministério de Previdência Social, José Edson da Cunha Júnior. Já a diretora-presidente da Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público Federal do Poder Judiciário (FUNPRESP-JUD), Elaine de Oliveira Castro, discorreu sobre cultura organizacional, comunicação e relacionamento no ambiente de uma EFPC. Completando a programação desse primeiro dia, os participantes acompanharam o módulo destinado à análise das principais questões jurídicas ligadas a uma EFPC, como evolução legislativa da previdência complementar, instrumentos contratuais da previdência complementar e a previdência complementar na visão dos Tribunais Superiores. Esse painel foi conduzido pelo Procurador Federal e Gerente Jurídico da FUNPRESP-EXE, Ivan Jorge Bechara Filho e pelo o advogado e consultor, Jorge Pires Faim Faiad.

O diretor-presidente da Mútua, Cláudio Pereira Calheiros, que participa do curso, analisa que já pelo primeiro dia do treinamento é possível visualizar o alto grau de qualidade e multidisciplinariedade das discussões. “Iniciamos com um panorama da atual situação da previdência complementar no País, passamos por iniciativas ligadas às ações de comunicação e relacionamento com o público das Entidades de Previdência e também vimos os aspectos jurídicos envoltos nesse tipo de instituição. Um dos destaques desse curso é que estamos conhecendo a realidade de Entidades que já atuam, como o FUNPRESP-JUD e FUNPRESP-EXE”, destaca Calheiros.

A crescente demanda e a necessidade de se estabelecer um referencial de capacitação para conselheiros e dirigentes de Entidades Fechadas de Previdência Complementar, motivaram a ENAPS a formatar esse curso que está sendo promovido na Mútua. “Para garantir e corresponder à competência técnica e gerencial esperada dos dirigentes dos fundos de pensão, a medida proativa necessária e eficaz é o investimento em qualificação. Afinal, ter uma boa bagagem de conhecimento técnico específico torna-se imprescindível para que se possa avaliar, controlar e mitigar o risco sistêmico a que as entidades estão expostas”, explica o diretor-presidente da ENAPS, Roberto Santoz. Ele ainda ressalta que os instrutores do curso formam a elite da previdência complementar e que esses especialistas detém total know-how e expertise acerca dos normativos e as políticas da área. Ainda em sua visão, um dos principais diferenciais do curso é o compartilhamento das melhores práticas, experiências e conteúdos no âmbito da previdência complementar.

Na programação ainda constam palestras com enfoque em aspectos administrativos e contábeis das Entidades de Previdência Complementar e também serão debatidos,  no decorrer do curso, temas como investimentos e governança corporativa. Como palestrantes o treinamento receberá, ainda, o diretor-superintendente da Previc, Carlos de Paula, o diretor de Análises Técnicas PREVIC, José Roberto Ferreira, o diretor de Assuntos Atuariais, Contábeis e Econômicos da PREVIC, Fábio Henrique de Sousa Coelho, o diretor-Presidente da Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público Federal do Poder Executivo (FUNPRESP-EXE), Ricardo Pena, e o Diretor da GAMA – Consultoria e Associados, Antonio Fernando Gazoni.

O público do curso é composto pelos diretores executivos da Mútua, Cláudio Calheiros (presidente), Ricardo Antonio de Arruda Veiga (benefícios), Lino Gilberto da Silva (financeiro) e Luiz Alberto Freitas Pereira (administrativo), colaboradores e gestores da Caixa de Assistência e profissionais de outras instituições que trabalham com previdência complementar.


O curso é uma parceria da Mútua com a ENAPS

 

Fonte: Acme/Mútua

Fotos: Acme/Mútua

Compartilhe essa postagem:

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.