Diretoria da Mútua-ES participa de reunião com o governador Paulo Hartung


Portugal, Paulo Hartung, Douglas Muniz e Marco Brunetti

No último dia 29, os diretores regionais da Mútua-ES, engenheiro agrônomo Douglas Muniz Lyra (diretor-geral), engenheiro civil Marco Aurélio Ribeiro Brunetti (diretor financeiro) e técnico em Eletrotécnica Portugal Sampaio Salles (diretor administrativo), estiveram, em conjunto com a Diretoria do Crea-ES, no Palácio Anchieta, sede do Governo do Estado, para reunião com o governador Paulo Hartung.

Os diretores da Mútua discorreram sobre as atividades da Caixa de Assistência, seus objetivos e os benefícios disponibilizados à Engenharia e à Agronomia Capixaba. No encontro foram abordados diversos assuntos ligados à área tecnológica, como as obras de Engenharia que se fazem fundamentais ao desenvolvimento do Estado: ampliação do aeroporto, modal ferroviário, exploração de petróleo e gás, outras fontes de energia e demais investimentos estruturantes primordiais.

Também foi abordado pelo Crea-ES o andamento de criação de um Instituto de Engenharia, objetivando atender órgãos da Administração Pública (prefeituras) quanto à concepção de projetos e sua execução, visto que a grande maioria dos gestores municipais não tem o mínimo de estrutura e pessoal qualificado para elaborar projetos de captação de recursos disponibilizados para esse fim, sejam oriundos de emenda parlamentar, sejam os previstos em programas do Governo Federal.

O governador externou que se criado o Instituto e se juridicamente viável for, o Espírito Santo passará a ter uma excelente ferramenta de combate às carências existentes na captação de recursos e execução de obras nos municípios. Os dirigentes do Crea e da Mútua ainda  colocaram a possibilidade de parcerias entre o governo junto e o sistema Confea/Crea e Mútua como um todo.

Na ocasião, Paulo Hartung fez um convite para que as representações ali presentes participassem da Audiência Pública N° 005/2015 , que foi realizada no dia 03 na Findes-ES, com o objetivo de colher subsídios, com vistas ao aprimoramento dos Estudos Técnicos que se prestarão a disciplinar as condições em que se dará a concessão à iniciativa privada, do trecho ferroviário compreendido entre os Estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo. O projeto integra a segunda etapa do Programa de Investimento em Logística do Governo Federal.


Comitiva do Sistema Confea/Crea e Mútua em reunião com o governador Paulo Hartung


Fonte: Mútua-ES

Fotos: Mútua-ES

Compartilhe essa postagem:

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.