Presidentes consideram positivo o resultado da reunião dos Creas Norte


Presidentes dos Creas da Região Norte estiveram reunidos em Manaus, nos dias 09 e 10 de abril, para deliberar questões de interesse das autarquias regionais e da Mútua. A reunião na capital amazonense é a primeira de 2015 do grupo

A 1ª Reunião Ordinária do Fórum de Presidentes dos Creas da Região Norte foi encerrada nesta sexta-feira (10), em Manaus, após dois dias de debates e deliberações. O resultado foi considerado muito positivo pelos integrantes, que apreciaram mais de 15 temas pautados para este encontro.

Dentre os assuntos debatidos estavam fiscalização de convênios do Prodesu; contribuição sindical; ações do Sistema Confea/Crea e da Mútua em relação a decisões judiciais; contato com bancadas e lideranças parlamentares no Norte para o andamento de Projetos de Lei que beneficiam os engenheiros, agrônomos, geólogos, geógrafos meteorologistas, técnicos e tecnólogos de todo o País; Banco de Dados para profissionais da região Norte; dentre outras pautas.

“Os trabalhos foram muito produtivos, com boa participação, esgotamos todas as pautas e vamos encaminhar o resultado dessas discussões ao Colégio de Presidentes para que possam analisar e, posteriormente, encaminhar ao Plenário do Confea”, declarou o coordenador do Crea Norte, Laércio Aires dos Santos, presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Amapá (Crea-AP). “É um evento que existe para que possamos discutir realmente nossos problemas regionais; e saem daqui indicações para que sejam levados ao colégio do presidente e indicações para serem apreciadas nas Câmaras de Engenharia”, acrescentou.

O presidente do Crea-AM, engenheiro civil Cláudio Guenka, anfitrião desta primeira reunião do ano, destacou a discussão de problemas comuns entre os conselhos da região e as peculiaridades de cada Estado. “Debatemos problemas distintos, as situações comuns a todos os conselhos de nossa região e compartilhamos as experiências exitosas”, enfatizou.

O diretor executivo da Mútua, Cláudio Calheiros, que também participou desta primeira reunião do ano, ressaltou a articulação dos presidentes junto aos parlamentares no Congresso Nacional para avançar na tramitação de projetos que possam trazer benefícios aos profissionais, além da importância do uso de um sistema de informática integrado entre o Confea, Creas e Mútua.

“Foi uma reunião excelente; todas as dúvidas que trouxe, estou levando respostas”, afirmou Carminda Luzia, do CREA-AC. O seu colega do Pará, Elias Lima, considerou pertinente a pauta e o resultado poderá ser aplicado em cada Crea da Região Norte.

"Foi muito importante essa reunião, pois conseguimos debater assuntos de grande relevância em relação ao sistema e compartilhar todas as inovações de cada conselho, além de unificar essas ações”, afirmou o conselheiro federal pelo Crea do Amazonas, Afonso Bernardes.

O presidente do Crea-RR, Marcos Luciano, afirmou que “o ambiente regional proporciona maior tranquilidade para as discussões sobre as realidades locais”. “Conseguimos fazer um planejamento melhor a partir da troca de experiências com os presidentes de Creas que têm atividades que estão mais detalhadas; a nossa grande diferença é realmente essa, pois a realidade dos Creas da região Norte é completamente diferente das demais regiões, então, discutir a nossa gestão traz uma experiência que não conseguiríamos ter em outros momentos de discussão”, completou.

Para o assessor do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea), José Clemerson, a “reunião foi bastante produtiva, com debate de assuntos de interesse dos Creas e também do Confea e da Mútua”.

A próxima reunião será no Acre, nos dias 1º e 02 de junho.

 

Fonte: Crea-AM

Foto: Crea-AM

Compartilhe essa postagem:

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.