Comissão estuda implantação do Selo Programa Crea-Júnior

Um selo que premie o empenho do Conselho Regional em atrair os novos profissionais e orientá-los quanto ao funcionamento do Sistema Confea/Crea e Mútua – esta é uma das ações que estão sob análise da Comissão Temática Novo Engenheiro. “É um reconhecimento, pelo Sistema Confea/Crea e Mútua, do trabalho honorífico prestado pelos conselheiros regionais, acadêmicos e entidades”, avalia o coordenador da Comissão, conselheiro federal Leonides da Silva Neto.
Na quarta-feira (8), o Grupo se debruçou sobre o relatório final do Grupo de Trabalho (GT) Novos Profissionais, que funcionou durante o ano de 2014, sob coordenação da conselheira federal Michelle Palladino. Do relatório, a Comissão extraiu cinco itens de ação, entre eles a criação do selo. “Já tínhamos cinco itens de ação, com a leitura do relatório do GT, extraímos mais cinco. Vamos agora trabalhar efetivamente essas dez ações, definindo as prioridades e nos separando em grupos para o trabalho fluir melhor”, explicou Leonides.
Entre os itens de ação que foram tirados do relatório do GT está a avaliação de uma cartilha que visa a padronizar os procedimentos entre os Creas-Juniores já existentes e auxiliar os Creas que não têm Crea-Júnior a criarem os seus. A cartilha já foi finalizada pelo GT e, agora, a comissão apreciará o conteúdo. Outras ações são divulgar legislação, reponsabilidades e a Mútua aos estudantes e profissionais; cruzar informações sobre o número de formandos e o número de registrados por ano; e formular critérios para organização dos fóruns jovens realizados durante as Semanas Oficiais da Engenharia e da Agronomia (Soea).
As outras cinco ações previstas para a Comissão são estudar, propor e executar ações para elaboração de normativos do Confea para institucionalizar o programa; estudar, propor e executar ações para elaborar normas básicas de organização e funcionamento dos Creas-Juniores; desenvolver ações para fomentar, nos Creas-Juniores, atividades de aproximação e manutenção dos recém-formados junto às entidades/administração do Sistema; fomentar a criação de Creas-Juniores nos estados que não os têm; e monitorar o atendimento das metas planejadas.
Participaram da reunião, além do conselheiro Leonides, o conselheiro federal João Francisco dos Anjos, a conselheira federal Michelle Palladino, o convidado Vinicius Marchese (representando o Cden), Caroline Burtet, do Crea-Júnior Região Sul, Ary Santana Júnior, do Crea-Júnior Região Nordeste, e Kamila Bonfim, do Crea-Júnior Região Centro-Oeste. Não participaram da reunião, mas também compõem a Comissão os conselheiros federais Gustavo Braz e Paulo Roberto Viana, além de Saulo Pereira (Crea-Júnior Região Norte) e Igor Martins (Crea-Júnior Região Sudeste).

Fonte: Confea

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.