Crea-SE inspecionará ONG que recebeu verba de subvenção

Medida atende pleito do Ministério Público Federal

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Sergipe (Crea-SE) vai inspecionar as instalações da Sociedade Musical Lira Nossa Senhora da Purificação de Capela, que no ano passado recebeu da Assembleia Legislativa R$ 300 mil referentes às verbas de subvenções destinadas pelo deputado estadual Adelson Barreto (PTB). O destino destes recursos está sendo alvo de investigação do Ministério Público Federal que encontrou indícios de irregularidade no uso destas verbas e solicitou a interferência do Crea para realizar vistoria porque os dirigentes da entidade informaram que toda verba teria sido usada para realizar reformas e ampliação da sede da entidade, localizada na cidade de Capela.

No entanto, conforme os autos, a procuradora da república Eunice Dantas visitou as instalações e comandou vistoria do MPF, constatando que as obras citadas no depoimento dos dirigentes da entidade não tinham sido realizadas. As engenheiras responsáveis pela execução das supostas obras também foram ouvidas pelo MPF e informaram que os recursos foram aplicados na construção de duas salas, uma quadra, pintura, instalação elétrica e hidráulica e revisão do telhado.
Registro da festa em comemoração aos 27 anos da banda

Uma das engenheiras confessou, em depoimento prestado no MPF, que a referida obra não teria sido registrada no Crea, uma obrigatoriedade nos procedimentos para execução de obras desta natureza. Como consequência, a procuradora da república enviou ofício ao Crea solicitando as medidas cabíveis pela falta de registro da obra naquele conselho de classe e também solicita vistoria no local com o objetivo de averiguar os serviços que foram realizados e analisar se as obras são compatíveis com o valor de R$ 300 mil.

O presidente do Crea, Arício Resende, demonstrou surpresa e classificou como gravíssimas as observações do MPF. “Somos um colegiado, vamos nos reunir e vamos adotar todas as providências solicitadas pelo Ministério Público Federal, mas são muito graves estas obervações da procuradora”, enalteceu o presidente do Crea.

O Portal Infonet tentou ouvir os dirigentes da Sociedade Musical Lira Nossa Senhora da Conceição, mas não obteve êxito. A reportagem conseguiu falar ao telefone com o presidente Robério Andrade, mas a ligação caiu no meio da conversa. Nas novas tentativas, o telefone do presidente estava fora de área. O Portal Infonet permanece à disposição. Informações podem ser enviadas por e-mail jornalismo@infonet.com.br ou por telefone (79) 2106 – 8000.

 

Fonte: Site InfoNet

 

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.