Homenagem da Mútua pelo Dia do Engenheiro Eletricista

Data é comemorada no próximo domingo

A Engenharia Elétrica é o ramo da Engenharia que estuda a energia elétrica, suas propriedades e aplicações. Os engenheiros eletricistas atuam com projetos e construções em geral, incluindo usinas de energia – hidrelétricas, nucleares e termelétricas -, linhas de transmissão e sistemas elétricos diversos (motores elétricos, veículos elétricos, máquinas e circuitos eletrônicos, pequenos robôs, sistemas de controle eletrônicos, construção de microchips, processadores para computadores), circuitos eletrônicos em geral, telecomunicações e, também, na área de controle e automação.

Michelle Calado Palladino, engenheira eletricista e conselheira federal suplente, aponta que é visível o crescimento da atividade no Brasil, mas que o setor ainda carece de investimento público. “A área da Engenharia Elétrica é um mercado bastante promissor no País, mas vejo que estamos indo para um caminho de escassez de energia elétrica, por falta de investimento. Foram destinados recursos para a ampliação da rede de distribuição, mas, na parte da geração de energia, o Brasil ainda necessita de mais investimento”, pondera.

O profissional que deseja se destacar no mercado também deve estar atento ao conceito de sustentabilidade. Hoje, não é aceitável pensar em geração de energia a qualquer custo, como acontecia antes. Está cada vez mais crescente a preocupação com a economia e o uso de fontes alternativas e o engenheiro eletricista precisa estar atento a isso. “A Engenharia Elétrica ainda demanda crescer muito no setor de energia sustentável. Precisamos aproveitar que nosso País tem um grande potencial para a geração de energia eólica e solar”, enfatiza a conselheira do Confea.

Um grande diferencial do profissional da Engenharia Elétrica e de todas as outras profissões da área tecnológica, lembra Michelle, é o fato de contar com um Sistema que regulamenta, fiscaliza e ampara os profissionais. “O Confea tem cumprido seu papel com todos os profissionais, não só com os da Engenharia Elétrica, no sentido de preservar os profissionais e defender a sociedade, sempre mostrando a cada um de nós que temos o seu apoio e não estamos desamparados. A Mútua, da mesma forma. Nossa Caixa de Assistência é o complemento do nosso Sistema Confea/Crea. É uma verdadeira parceira, que está sempre conosco”, ressalta.

 

Fonte: Acme/Mútua

Foto: Alline Oliveira (Acme/Mútua)

Compartilhe essa postagem:

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.